carregando...

ALERTA À DIGNIDADE

Comunicações Públicas 04/06/2016

Logomarca NOVA SBP

O dia 04 de junho foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), desde 1982, como o Dia Mundial das Crianças Vítimas de Agressão, o que inclui diferentes categorias de violências: físicas, sexuais, psicológicas e negligenciais.

A medicina do adolescente é uma área de atuação do pediatra reconhecida pela Associação Médica Brasileira (AMB), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM).

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) é dispositivo de proteção a crianças e adolescentes, sendo bem específico e detalhado em relação a esses últimos.

O rumoroso caso de estupro múltiplo e cyberbullying, sofridos recentemente por uma jovem de 16 (dezesseis) anos, demonstra o descaso do baixo nível de educaçãoque grassa em nosso país.

A Sociedade Brasileira de Pediatria torna pública sua indignação com mais esta agressão sofrida por um ser humano em seu pleno crescimento e desenvolvimento, interferindo severamente em seus sonhos próprios do adolescer.

Amplia-se essa indignação pelo fato de vários dos supostos agressores também se encontrarem próximos a essa faixa etária.

O poder público pouco faz para fazer cumprir a Carta Magna e sua regulamentação prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente em direção à proteção integral desses indivíduos.

Os pediatras brasileiros, representados por sua sociedade científica, não deixarão de se manifestar sempre que o vulnerável alvo de sua atenção, isto é, a criança e o adolescente, for atingido em seu direito e dignidade.

 

Rio de Janeiro, 04 de junho de 2016.

 

Conselho Superior da Sociedade Brasileira de Pediatria