Uma mãe que está amamentando, tem leite sobrando, pode amamentar um sobrinho?

Departamento Científico de Aleitamento Materno 

  • Não. Uma mãe não deve amamentar outra criança que não seja o seu filho, mesmo que seja um sobrinho ou filho de uma pessoa amiga ou de alguém da família. Este comportamento é denominado de amamentação cruzada.

  • Não deve, mesmo com os resultados de seus exames normais e você não se sentir doente, pois algumas patologias são silenciosas e os exames não conseguem identificar a doença, devido a uma dita “janela imunológica” em que o agente infeccioso está no sangue, mas não pode ser detectado pelos exames, a exemplo do HIV (vírus da AIDS) e o HTLV.

  • O perigo é o bebê ser contaminado por doenças infectocontagiosas, como a Aids ou HTLV, que são doenças muito graves. Se a mãe que doar o leite tiver sangramento no mamilo devido a um trauma, aumenta o risco de passar a doença para o bebê, através do leite materno, a exemplo da hepatite B, principalmente se ele não tiver tomado ainda as doses dessa vacina.

  • Desde que apareceram os primeiros casos de Aids, a amamentação cruzada é contraindicada tanto pelo Ministério da Saúde do Brasil, como pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Sociedade Brasileira de Pediatria.

  • Um bebê pode tomar o leite distribuído por um Banco de Leite doado por outra mulher porque todo esse leite passa  por um processo de pasteurização (um processo que usa uma temperatura muito, muito alta, sem ferver, seguido de um resfriamento muito muito rápido, usado para destruir microrganismos patogênicos que podem estar em alimentos. Foi criado por Louis Pasteur). Desse modo, não apresenta qualquer possibilidade de transmissão de doenças.

Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520