Você sabia que a rede de bancos de leite humano do Brasil é a maior do mundo? Saiba mais.

Departamento Científico de Aleitamento Materno 

  • Você sabia que existe uma rede brasileira de bancos de leite humano – rBLH-BR, a maior do mundo, que exporta a tecnologia brasileira em bancos de leite humano para mais de 20 países da América Latina, Caribe, África e Europa?  Pois é, essa rede tem como missão promover, proteger e apoiar o aleitamento materno, coletar, processar e distribuir leite humano, com qualidade certificada, aos recém-nascidos prematuros, de baixo peso e/ou gravemente doentes, e, assim, contribuir para a redução da mortalidade infantil.

  • Hoje, a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano é composta por mais de 200 bancos de leite espalhados em todos os estados do território nacional e no Distrito Federal, muitos deles com serviço de coleta domiciliar. A rede também conta com mais de 150 postos de coleta de leite humano. Tanto os bancos de leite como os postos de coleta estão vinculados a uma maternidade ou hospital que presta assistência à mulher e/ou criança.

  • O modelo brasileiro de bancos de leite humano é reconhecido mundialmente pelo seu desenvolvimento tecnológico, que associa baixo custo à alta qualidade, distribuindo o leite humano com qualidade certificada conforme as necessidades individuais de cada criança.

  • No site https://rblh.fiocruz.br há a lista de todos os bancos de leite do Brasil (na aba “a rede BLH”, acesse o link “Localização dos BLHs”. Aí, é só selecionar a região e o estado e digitar o nome da cidade desejada. Existe, inclusive, a possibilidade de visualização em mapa. Há um outro recurso, mais fácil ainda, para a visualização do endereço, telefone, horário de funcionamento e endereço eletrônico do banco de leite humano mais perto de sua casa, onde também é descrito, em vermelho, o banco de leite de referência para o estado em questão. Basta clicar no menu inicial a aba com a inscrição “A rede BLH”. A partir daí existem outras opções de pesquisa, entre elas a “rBLH em números”. Aí, pode-se encontrar a lista dos bancos de leite de cada estado, além da produção e gráficos de todos os bancos de leite. Na aba “Amamentação e Doação” existe uma opção com o título “Ache o BLH mais próximo”, uma outra maneira de pesquisar.

  • Depois que você escolheu o seu Banco de Leite, abaixo da sua localização,  aparecerão relatórios com os dados principais desse banco, como: número de atendimentos em grupo, número de atendimentos individuais, número de visitas domiciliares, volume de leite humano coletado e distribuído, número de doadoras e receptores de leite humano e número de exames realizados para o controle de qualidade. 

  • No site tem a história dos bancos de leite humano no Brasil; sessões sobre dúvidas frequentes relacionadas ao aleitamento materno e à doação de leite humano; mitos e verdades sobre amamentação e uma área que aborda pesquisa e desenvolvimento tecnológico, incluindo uma biblioteca virtual sobre aleitamento materno. Há, também, documentos com informações a respeito do ensino e gestão dos bancos de leite humano, questões relacionadas à coleta, ao processamento e à distribuição do leite e, ainda, sobre a cooperação internacional que a rede oferece a mais de 20 países.

Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520