Vacina HPV

Departamento Científico de Imunizações 

  • Sim. O Programa Nacional de Imunizações (PNI) é um dos orgulhos da saúde pública no Brasil. Desde seu início, em 1973, vem contribuindo de maneira decisiva no combate às doenças imunopreveníveis. Nos últimos anos, novas vacinas foram incorporadas ao calendário de imunização da criança e do adolescente, sendo que a vacina HPV (liberada para meninos e meninas) representa um enorme avanço, colocando o Brasil no mesmo nível de países do primeiro mundo.

  • A vacina quadrivalente para o HPV (contendo os tipos 6, 11, 16 e 18) previne cerca de 90% das verrugas genitais, 70% dos casos de câncer de colo de útero, além de cânceres de vulva, vagina, pênis, ânus e cabeça e pescoço, demonstrando ser uma vacina custo efetiva. A vacina foi introduzida no calendário da criança e do adolescente pelo PNI em duas doses com intervalo de seis meses entre elas. Em 2017, o público alvo era composto de meninas e meninos de 9 a 14 anos.

  • Sim. A vacina tem um ótimo perfil de reatogenicidade, como a maioria das vacinas, com predomínio de eventos adversos no local da aplicação. É uma vacina segura, já utilizada desde 2006 em vários países, com milhões de doses aplicadas em todo o mundo. Espera-se uma adesão de, no mínimo, 80% da população alvo, considerando-se a importância da vacinação idealmente antes da iniciação sexual, o que possibilita uma melhor resposta à vacina.

  • O papel dos profissionais de saúde envolvidos nesta vacinação é de suma importância no esclarecimento de possíveis dúvidas que possam surgir, principalmente em relação aos eventos adversos. Os pediatras devem estar engajados, colaborando de forma decisiva para que a meta do governo seja alcançada com pleno êxito. É fundamental que as famílias sejam esclarecidas quanto à importância da vacinação e sua segurança, para que não ocorram oportunidades perdidas para imunização e, assim, asseguremos um futuro com menos cânceres e verrugas genitais para nossos filhos.

Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520