SBP divulga nota de orientação emergencial para transporte de recém-nascidos na pandemia em Manaus

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), por meio do seu Departamento Científico de Neonatologia, divulgou neste sábado (16) uma nota de orientação emergencial para o transporte de recém-nascidos durante a pandemia em Manaus (AM) para outros Estados em virtude do risco de desabastecimento de oxigênio na vigência da expansão da pandemia COVID-19.

ACESSE AQUI A ÍNTEGRA DA NOTA.

O Departamento Científico de Neonatologia da SBP recomenda que as transferências sejam feitas intraútero, para gestante de alto risco para partos prematuros, de acordo com as condições de saúde materna pesando os riscos e benefícios, assegurando a avaliação da equipe obstétrica e neonatal, local.

A nota ressalta que devido ao alto risco de instabilização do quadro clínico mesmo dos recém-nascidos estáveis, antes ou durante o transporte, é mandatário assegurar o checklist do transporte seguro, de acordo com critérios técnicos sumarizados no manual de transporte neonatal do Programa de Reanimação Neonatal da SBP.

As orientações também englobam que o veículo deve ser adequado para o transporte de RN, com espaço e fixação para incubadora de transporte e que o transporte da criança seja acompanhado pela mãe para manter as práticas clínicas recomendadas.

Por fim, a nota recomenda que os fluxos relacionados à COVID-19 precisam ser assegurados para evitar a contaminação e a disseminação do SARS-CoV-2 entre RN e suas mães, sendo sempre indispensável a verificação do uso de EPIs (equipamentos individuais de proteção) para toda a equipe do transporte.