carregando...

8º Congresso Baiano de Pediatria reúne mais de 800 participantes em Salvador

Filiadas 05/05/2016

Atividade acontece até sábado (7), em paralelo ao 1º Congresso de Terapia Intensiva Pediátrica e Neonatal do Nordeste

Congresso Baiano 2016

Começa nesta quinta-feira (5), no Bahia Othon, em Ondina, o 8º Congresso Baiano de Pediatria, que já conta com mais de 800 inscritos. Promovido pela Sociedade Baiana de Pediatria (Sobape), será realizado em paralelo ao 1º Congresso de Terapia Intensiva Pediátrica e Neonatal do Nordeste.

Abordando “Sinais de risco para o desenvolvimento infantil” na conferência de abertura, discutindo casos clínicos sobre asma, fibrose cística e rinite alérgica, entre outros, a programação científica segue até o meio-dia de sábado (7), incluindo temas clássicos e atuais em pediatria, como doenças cardiovasculares em crianças, controvérsias com novas vacinas, perturbações do sono e da alimentação, a relação familiar e o adolescente”, reanimação cardiopulmonar, asfixia neonatal, entre outros.

Voltados a médicos, estudantes, especialistas e profissionais de saúde, os congressos contarão com a participação de mais de 80 professores da Bahia e de outros estados, como São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Ceará. Mais de 180 trabalhos serão apresentados em formato pôster.

Segundo o presidente do 8º Congresso Baiano, o pediatra Fernando Barreiro, “tudo está sendo feito para proporcionar conforto, praticidade e conhecimento científico aos participantes”.

Para a presidente da Sobape, Dolores Fernandez, a atualização científica se impõe, cada vez mais, como uma necessidade, sendo vital para o desempenho profissional. “Por outro lado, o Congresso não é só um encontro intelectual, mas um momento de trocar experiências profissionais e de vida, e de confraternização”, destaca.

Terapia intensiva

O 1º Congresso de Terapia Intensiva Pediátrica e Neonatal do Nordeste está sob a coordenação das pediatras Carolina Amoretti e Priscila Lyra, ambas presidentes dos respectivos departamentos científicos da Sobape.

“O programa foi preparado com toda a atenção e cuidado para abordar temas úteis e trazer atualizações à prática clínica”, enfatiza Carolina Amoretti.

Segundo Priscila Lyra, “a comissão organizadora se empenhou na escolha de temas de importante relevância na neonatologia. Será uma oportunidade para atualização das nossas práticas, o que contribuirá para um atendimento cada vez melhor ao recém-nascido”, frisa.

Clique aqui e confira a programação

baiano-congresso
A quarta-feira foi dedicada a vários cursos