Livros de atualização para pediatras serão lançados no 39º CBP, em Porto Alegre (RS)


Três livros voltados à atualização para os pediatras, em diversas áreas de atuação, serão lançados durante o 39º Congresso Brasileiro de Pediatria (CBP), de 9 a 12 de outubro, em Porto Alegre (RS). As obras – fruto de parceria entre a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e a Manole Editora – marcam o compromisso da atual gestão com a ampliação do conhecimento e melhor capacitação profissional. Veja abaixo um resumo de cada uma das obras, editores, além do dia e horário de lançamento no estande da SBP no evento.

CONDUTAS PEDIÁTRICAS NO PRONTO ATENDIMENTO E DA TERAPIA INTENSIVA – A segunda edição do livro, escrito por 61 autores e editado pelas dras. Luciana Rodrigues Silva e Luanda Flores da Costa, será lançado no dia 09 de outubro, em dois horários: 12h e 16h30. Os capítulos foram revistos e atualizados e abordam temas como a assistência pediátrica no pronto atendimento e na unidade de terapia intensiva, abuso de substâncias psicoativas, anafilaxia, bronquiolite, entre outros.

ADQUIRA AQUI O SEU EXEMPLAR.

“Os pediatras do Pronto Atendimento e da Terapia Intensiva têm particularidades, pois lidam com pacientes e seus familiares em situações de urgência e emergência, e necessitam ter uma interlocução com médicos especialistas de diversas áreas. As consultas podem ser por queixas simples ou complexas, mas sempre requerem interlocução detalhada com o paciente e minucioso exame físico para a realização de boa formulação diagnóstica e coleta de exames feita de modo racional, a fim de o tratamento ser adequado e preciso”, explica a presidente da SBP, dra. Luciana Silva.

Para dra. Luanda Flores, os pediatras devem ter treinamento periódico para identificar rapidamente os sinais de piora e realizar os procedimentos necessários. “Muitas situações que ocorrem nestes ambientes representam um desafio para os pediatras, que, se bem preparados, lidarão de forma adequada com os pacientes, suas famílias e os profissionais de saúde da equipe”, ressalta.

MANUAL DE DERMATOLOGIA PARA O PEDIATRA – Organizado pelas dras. Vânia Oliveira Carvalho, Ana Maria Mósca de Cerqueira (presidente e secretária do Departamento Científico de Dermatologia da SBP, respectivamente) e Kerstin Taniguchi Abagge, presidente da Sociedade Paranaense de Pediatria (SPP), conta com artigos de 11 autores e propõe-se a oferecer um guia de referência rápida para auxiliar no reconhecimento diagnóstico e indicar medidas terapêuticas para as doenças dermatológicas mais frequentes no dia a dia do consultório.

COMPRE AQUI O SEU EXEMPLAR.

O livro – cujo lançamento será no dia 10 de outubro, às 16h30 – utiliza a literatura atual e temas distribuídos de forma prática e em ordem alfabética, abordando desde a definição, as causas, os aspectos clínicos, o tratamento até a prevenção das principais dermatoses da criança e do adolescente.

“As doenças cutâneas representam motivo frequente de consulta ao pediatra e seu diagnóstico, na maioria das vezes, é possível com base na história minuciosa associada ao reconhecimento do aspecto clínico das lesões. As imagens contidas no Manual permitem consultar as formas de apresentação mais frequentes, possibilitando ao pediatra reconhecer e tratar as doenças dermatológicas mais comuns”, explicam as organizadoras.

OFTALMOLOGIA CLÍNICA PARA O PEDIATRA – A obra – dividida em 10 capítulos e editada pelos membros do Grupo de Trabalho de Oftalmologia da SBP, drs. Fábio Ejzenbaum (coordenador), Dirceu Solé, Luciana Rodrigues Silva e Luisa Moreira Hopker – será lançada no dia 11 de outubro, às 16h30.

O livro foi elaborado cuidadosamente por um grupo seleto de oftalmologistas pediátricos da Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica e da SBP e tem como objetivo familiarizar o pediatra com os principais problemas visuais da infância e o manejo, uma vez que é um profissional fundamental na identificação precoce dos principais problemas a comprometer de maneira definitiva o desenvolvimento visual do pequeno paciente.

“O olho da criança é diferente, seja do ponto de vista anatômico, fisiológico ou patológico. Ainda em formação, tem características únicas. As doenças oculares muitas vezes têm manifestações diversas das do adulto. O cirurgião oftalmológico geral desconhece as particularidades da cirurgia na infância, por isso, cada vez mais a oftalmologia pediátrica tem crescido e buscando nortear a saúde ocular das crianças”, concluem os editores.

ADQUIRA AQUI O SEU EXEMPLAR.


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520