Suplemento da revista Residência Pediátrica aborda o tema Neurologia Pediátrica


Os leitores da revista Residência Pediátrica (RP) já podem acessar e fazer o download do suplemento anual 2018 da publicação. Nessa edição, o informativo traz como tema central a “Neurologia Pediátrica”. O texto de apresentação, assinado pelo presidente do Departamento Científico de Neurologia da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), dr. Marcio Moacyr de Vasconcelos, destaca o momento oportuno para a discussão do assunto, uma vez que vários distúrbios neurológicos pediátricos têm passado por transformações em termos diagnósticos e terapêuticos.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O SUPLEMENTO

Na seção Artigo Original, são apresentados 12 textos relacionados ao tema frequentemente vivenciados no dia-a-dia dos médicos residentes e no atendimento em consultório dos pediatras em geral. O primeiro artigo, intitulado “Apresentação clínica das cefaleias primárias na infância e adolescência”, traz um levantamento dos sintomas mais evidenciados na avaliação inicial de pacientes com migrânea com aura (MCA), migrânea sem aura (MSA) e cefaleia do tipo tensional (CTT).

Na sequência, o texto “Crise febril na Infância” revisa os conceitos diagnósticos e de tratamento a respeito de convulsões febris, que em casos raros pode evoluir para epilepsia. Além disso, são descritos os principais fatores de risco para recorrência da doença, como idade de início inferior a 18 meses, história familiar positiva, duração prolongada e intensidade da febre, entre outros.

O terceiro artigo da seção aborda a “Deficiência intelectual na criança”, com foco na descrição de diferentes déficits relacionados à cognição e ao comportamento adaptativo, entre eles: Síndrome Alcoólica Fetal; Erros inatos do metabolismo; Síndrome do X frágil; e Síndrome de Down. A etiologia dos distúrbios e o papel do pediatra na coordenação dos métodos de tratamento, em parceria com outros profissionais, também são pontuados.

Em “Encefalites autoimunes”, ocorre a revisão da literatura científica sobre essa forma específica de autoimunidade contra o sistema nervoso central, particularmente relevante em Pediatria, uma vez que entra no diagnóstico diferencial da encefalite viral aguda.

Em seguida, também é apresentada uma revisão a respeito do “Estado de mal epiléptico”, definido como uma crise epiléptica contínua com duração superior a 30 minutos ou crises sequenciais sem recuperação da consciência entre elas. Os principais aspectos da doença, assim como seu tratamento clínico e farmacológico são apresentados de forma didática.

O sexto artigo traz explanações sobre a “Hipotonia na infância”, sintoma caracterizado pela redução do tônus muscular e recorrente em várias doenças sistêmicas e do sistema nervoso. Os autores salientam que, devido às inúmeras causas e condições clínicas, uma avaliação sistemática é essencial para essa abordagem.

O texto seguinte discorre a respeito da “Organização e higiene do sono na infância e adolescência”, com descrições sobre o desenvolvimento normal do sono da infância à adolescência, além de particularizar as medidas que podem ser orientadas pelo pediatra na presença de problemas de início e manutenção do sono em cada faixa etária.

O oitavo artigo exemplifica as características do diagnóstico topográfico e funcional da “Paralisia cerebral”. Além disso, enfatiza a importância do diagnóstico precoce da doença e do tratamento com observância da saúde global. A necessidade de utilizar métodos baseados em evidências e a sistemática preventiva para a luxação de quadril também relatadas pelos autores.

A edição conta ainda com uma exposição de abordagem prática para “Síndromes epilépticas na infância” e revisões detalhadas sobre “Transtornos de Tique” e “Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH)”, uma síndrome neurocomportamental caracterizada pela presença persistente de desatenção, hiperatividade e impulsividade.

O aumento na prevalência do “Transtorno do espectro autista (TEA)” nos últimos anos, evidenciado em vários países, também foi abordado na seção Artigo Original, a partir de uma análise dos recentes avanços publicados na literatura científica em relação à epidemiologia, etiologia, diagnóstico diferencial e tratamento.

Encerrando o suplemento, a seção Artigo de Revisão apresenta ainda dois trabalhos com ênfase em critérios diagnósticos e diretrizes terapêuticas sobre “Distúrbios de Sono na Infância” e “Distúrbios paroxísticos não epilépticos na infância e adolescência”.


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520