carregando...

Pediatras reavaliam uso de gadgets por crianças com menos de 2 anos

Saiu na imprensa 05/11/2015

oglobo-tecnologia

Especialistas, no entanto, recomendam cautela com o uso de aplicativos infantis

Por Sérgio Matsuura – 02 de novembro de 2015

Como qualquer pessoa conectada, Gabriel Maia Miranda Silva usa o smartphone para acessar vídeos no YouTube, se divertir com jogos eletrônicos e tirar fotos. O que chama atenção é que ele tem apenas 1 ano e 10 meses. Mas ele não está sozinho. Tornou-se comum ver crianças, e até mesmo bebês, interagindo com tablets e celulares.

[…]Por outro lado, o pediatra Christian Müller, da Sociedade Brasileira de Pediatria, mantém a recomendação que pais evitem que filhos menores de 2 anos usem mídias digitais. O especialista avalia a decisão da AAP como uma medida para “não parar no tempo”, mas as orientações de risco, como danos para a visão e alterações no sono, continuam válidas.

Leia mais.