carregando...

Academia realiza Fórum onde foi fundada SBP e homenageia dr. Júlio Dickstein

SBP em Ação 15/07/2016

forum-local2

O 18º Fórum organizado pela Academia Brasileira de Pediatria (ABP), dias 08 e 09 de setembro, no Rio de Janeiro, será especial. De volta à cidade onde foi a primeira edição, em 2002, ocorrerá no local onde foi fundada a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), em julho de 1910, por Fernandes Figueira. O edifício de três andares tombado pelo Instituto Rio Patrimônio da Humanidade, onde hoje está o Centro de Convenções Sul América, é uma construção de 1869, que em 1907 foi totalmente reconstruída e adaptada para abrigar o Hospital das Crianças, da Santa Casa de Misericórdia, e o pioneiro da SBP foi o primeiro diretor da policlínica. “Pensávamos que esse prédio tivesse sido demolido com as obras da Cidade Nova. O descobri por acaso, no ano passado, e pesquisei até ter certeza de que trata-se de fato do ‘Solar’, a primeira sede da nossa entidade, que ali funcionou até 1928”, informa Reinaldo Menezes Martins, secretário da ABP.

Serão dois dias com palestra, colóquio, várias mesas-redondas, com temas de interesse social, como “Morte violenta na criança e no adolescente”, “Resiliência”, “Prevenção de preconceitos”, “Degradação do meio ambiente e doenças emergentes: aspectos médicos, sociais e éticos”, “Família ao longo do tempo e suas implicações sociais”, “Populações indígenas: saúde e cidadania”, “Arte na medicina”, além de “A SBP e o pediatra ao longo do tempo”. Entre os convidados, há pediatras, músicos, filósofos, antropólogos, sociólogos, “pessoas que vão colaborar com o debate, que visa a melhoria do atendimento da criança pela sociedade em geral”, define o coordenador do evento, Dias Rego.  Também ocorrerão apresentações do Coral e do Grupo de Teatro da Pediatria Brasileira e haverá a inauguração de uma placa comemorativa da fundação da SBP.

“Os fóruns são itinerantes, e agora realizados em grandes cidades, duas vezes por ano” informa o presidente da ABP, José Martins Filho. A finalidade é estabelecer uma comunicação “entre o conhecimento pediátrico e aquele que é necessário às famílias e à população em geral sobre os cuidados com as crianças”, salienta. Sobre as novidades, o acadêmico Dias Rego, cita Thiago de Mello– “Não, eu não tenho um caminho novo; o que eu tenho de novo é o jeito de caminhar” –, para enfatizar que “precisamos mudar urgentemente o nosso modo de caminhar, porque há muitas crianças que continuam sofrendo”. Entusiasmado com a iniciativa, o professor José Martins Filho frisa a qualidade dos debates que vêm ocorrendo: “sempre a última edição é considerada a melhor pelos participantes”.

Pediatra voltado para questões sociais

dr_julio

Dessa vez, todos estão emocionados com a homenagem que será feita a Júlio Dickstein. “É um ser humano maravilhoso, com grande visão social da pediatria e uma especial preocupação ética com o desenvolvimento infantil”, enfatiza o dr. José Martins Filho. “O Júlio foi o primeiro coordenador e continuou à frente dos Fóruns até 2014. Quando presidi a ABP, concebemos o evento como é até hoje, uma interface da pediatria com a sociedade em geral. Sempre há uma comissão local e estreita colaboração do Dias Rego e dos demais acadêmicos, bem como diretorias da SBP, da ABP e das sociedades filiadas”, relata o dr. Reinaldo Martins.

Dr. Júlio nasceu em São Paulo e cursou a graduação na Faculdade Nacional de Medicina, no Rio de Janeiro, onde mora até hoje. Fez residência no Hospital dos Servidores do Estado, onde depois foi médico da pediatria e implantou a Unidade de Terapia Intensiva infantil (UTI), sendo pioneiro na área no país. Na Legião Brasileira de Assistência (LBA), implantou as ações básicas no Brasil, como vacinação, estímulo ao aleitamento materno, terapia de reidratação oral e ensinamentos básicos de higiene para a mão cuidar de seu filho.

O acadêmico que empresta o nome à 18º edição do Fórum foi presidente do Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (Inamps) e também presidiu a SBP (1974/75), quando liderou a compra de uma nova sede, na rua Visconde Silva, mediante contribuições dos pediatras. Conseguiu ainda tornar o Jornal de Pediatria independente financeiramente. Em seu consultório particular, onde atuou por quase 60 anos, chegou a atender os netos dos pacientes, famílias inteiras, informa o próprio dr. Júlio. Quando se aposentou, trabalhou oito anos como voluntário na Fundação São Martinho, com meninos e meninas em situação de rua. Com trajetória tão ligada a ações sociais, não é à toa a importância que sempre deu aos Fóruns e o fato de ter deixado admiradores e amigos por onde passou, dentre os quais o dr. Dias Rego, que começou na pediatria com dr. Júlio e fará a homenagem.

As inscrições para o Fórum são gratuitas e as vagas limitadas. Clique aqui para saber mais.

forum-solar
“Solar”, a primeira sede da SBP/ Foto cedida pela pesquisadora Gisele Sanglard, da Casa de Oswaldo Cruz.