carregando...

Mais recursos para filiadas em 2016

SBP em Ação 20/01/2016
Reunião do Conselho Superior de outubro, no Rio de Janeiro.
Reunião do Conselho Superior de outubro, no Rio de Janeiro.

Uma nova forma de distribuição de recursos para as filiadas da SBP entra em vigor em 2016. A proposta, apresentada pela dra. Rejane Cavalcante, do Pará, foi aprovada na reunião do Conselho Superior de outubro, no Rio de Janeiro. “Nossa preocupação é apoiar, cada vez mais, as sociedades pequenas, com poucos associados, mas também muito importantes para a implementação das propostas da pediatria no País. Ocorre que, muitas vezes, são filiadas que não obtêm receita suficiente para a promoção dos eventos e das demais atividades necessárias”, explica o dr. Eduardo da Silva Vaz. 

Até hoje, retirados os dez por cento de taxa de administração, a SBP repassa às filiadas 50 ou 90 por cento do total das anuidades pagas pelos associados, cabendo a parcela maior às filiadas menores. Em alguns estados o número de associados é pequeno e a verba alocada vem se mostrando insuficiente. Por isso, os conselheiros decidiram que as entidades menores terão direito a um acréscimo, com a SBP alocando mais recursos do que o arrecadado nesses estados. A nova fórmula começa a valer sobre as anuidades pagas em janeiro (repasse em fevereiro) e uma tabela foi feita, já considerando o desconto da taxa de administração:

  •  Filiadas com até 50 associados quites (hoje o Acre, Roraima e Amapá) terão acréscimo de 75% no valor do repasse.
  • Filiadas com 51 até 100 associados quites (Rondônia e Tocantins) terão acréscimo de 50% no valor do repasse.
  • Filiadas com 101 até 150 associados quites (Sergipe e Piauí) receberão o valor total do repasse.
  • Filiadas com 151 até 200 associados quites (Alagoas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Maranhão) receberão 90% do valor do total do repasse.
  • Filiadas com 201 até 250 associados quites (Paraíba e Rio Grande do Norte) receberão 80% do valor do total do repasse.
  • Filiadas com 251 até 300 associados quites (Amazonas e Pará) receberão 70% do valor do total do repasse.
  • Filiadas com 301 até 365 associados quites (Goiás) receberão 60% do valor do total do do repasse.
  • Filiadas com 366 até 400 associados quites (Espírito Santo e Pernambuco) receberão repasse de 55%.
  • Filiadas com a partir de 401 associados quites (Santa Catarina, Distrito Federal, Ceará, Bahia, Paraná, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo) terão repasse de 50%.

 Em setembro, o número de associados será verificado, para análise de possível modificação durante a reunião do Conselho Superior do final do ano. Cerca de 70 pessoas, entre diretores e presidentes de filiadas, participaram do Conselho Superior de outubro de 2015.

 

Lúcio Fernandes, da contabilidade da SBP, explica a proposta.
Lúcio Fernandes, da contabilidade da SBP, explica a proposta.