carregando...

Zika, Coqueluche e Tuberculose abrem EAD 2016

SBP em Ação 17/03/2016

Assista, ao vivo, às 19h, na sexta-feira, dia 18!

canstockphoto26999209

O Programa de Educação Continuada à Distância da SBP (EAD) abre a temporada de 2016 no próximo dia 18, sexta-feira, às 19h, com temas muito atuais selecionados pelos Departamento Científico (DC) de Infectologia em razão da “preocupante situação epidemiológica, dos riscos de gravidade, da necessidade de orientação a respeito de medidas preventivas, tratamento, esclarecimentos de dúvidas importantes”, salienta o presidente do DC, Aroldo Prohmann de Carvalho.

Webmeeting e sucesso

A SBP realiza a EAD desde 2003, tendo proporcionado 348 encontros virtuais com professores. Dirigido no último período por Rita de Cássia Silveira, o Programa tem crescido e se modernizado. A tecnologia aprimorada vem garantindo mais qualidade e acesso facilitado, inclusive com o App para dispositivos móveis. Cada aula tem tido uma média de 350 acessos ao vivo e cerca de 2.000 na Biblioteca Virtual.

 Próxima transmissão ao vivo

logo ead

– Dia 18 de março, sexta-feira, às 19h.                                     

 Temas e comentários

  • Epidemia de Zika no Brasil: lições aprendidas e desafios futuros.

O aparecimento da infecção pelo Zika vírus tem assustado a população em geral, a classe médica e em especial a pediatria pela associação com microcefalia e pelo risco de comprometimento do desenvolvimento neuropsicomotor da criança cuja mãe é infectada pelo vírus durante a gestação. Inúmeros aspectos da doença serão discutidos, com esclarecimento das dúvidas, com base nas mais recentes evidências científicas. 

  • Coqueluche

A Coqueluche tem gerado preocupação das autoridades e profissionais de saúde em todo o mundo, com um grande número de casos inclusive em países desenvolvidos, uma elevada taxa de letalidade, especialmente em lactentes com menos de um ano de idade, nos quais o risco de complicações também é bem maior. 

  • Tuberculose na criança e no adolescente: abordagem do manejo de uma velha inimiga

A tuberculose persiste como uma das mais preocupantes enfermidades infectocontagiosas que acomete o ser humano, cuja incidência no Brasil tem se mantido elevada ao longo dos últimos anos, havendo necessidade imediata de uma atuação mais eficaz da vigilância epidemiológica e dos serviços de saúde. O diagnóstico da doença nem sempre é fácil em pediatria e tem sido observado recentemente a falta de testes laboratoriais que auxiliam no diagnóstico e no tratamento.

 Palestrantes

  • Marco Aurélio Palazzi Safadi (Professor Adjunto de Pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo; Membro do Comitê Técnico Assessor em Imunizações, Ministério da Saúde; Membro da Comissão Permanente de Assessoramento em Imunizações, Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo; Coordenador da Infectologia Pediátrica do Hospital Infantil Sabará)
  • Aroldo Prohmann de Carvalho (Presidente do Departamento Científico de Infectologia da SBP; Professor Associado Doutor de Pediatria da Universidade Federal de Santa Catarina e Universidade do Vale do Itajaí; Infectologista Pediatra do Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis)
  • Marcelo Comerlato Scotta (Infectologista pediátrico pela SBP e SBI; Professor assistente do Departamento da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Mestre em Saúde da Criança e do Adolescente pela UFRGS e presidente do Comitê de Infectologia Pediátrica da SPRS)

 Para participar

Basta ser associado em dia com suas obrigações com a SBP, acessar sua conta em “Programa de Atualização à Distância” e fazer a sua inscrição, clicando na aula desejada.

Se você ainda não tem o aplicativo, pode baixá-lo e terá acesso mais rápido e facilitado nos dispositivos móveis.  O download para Android e IOS é gratuito e pode ser encontrado nas lojas Play Store e App Store (busque “SBP EAD WebCast”).

 Atenção

A Biblioteca Virtual (BV) reúne 132 palestras. As aulas ao vivo ocorrem sempre às sextas-feiras e entram na BV na quarta-feira seguinte.

 Pontos pela CNA!

O Programa EAD é dirigido aos associados que estão em dia com suas obrigações com a SBP e conta pontos para a atualização dos títulos e certificados pela CNA. Para obter a pontuação, o aluno deve realizar os pós-testes que ficam disponíveis após as aulas ao vivo e receber média sete em cada um, com 70% de aprovação no semestre. Participe, acompanhe e terá feito um curso de pediatria completo, atualizado e interativo!

CNA