SGP divulga parecer técnico sobre o papel da escola na saúde de crianças e adolescentes na pandemia

Entidade defende que discussões sobre a reabertura dos centros de ensino aconteçam de forma contínua 

Buscando fomentar as discussões envolvendo o retorno presencial das aulas em Goiás, a SGP elaborou um parecer com argumentos técnicos e científicos sobre a importância da escola na garantia da saúde de crianças e adolescentes. A entidade defende o aprofundamento e a urgente intensificação dos debates por parte das autoridades públicas a fim de garantir a formulação de um plano factível e realista de retorno dos alunos à sala de aula.  Para a SGP, o planejamento de reabertura dos centros escolares deve acontecer de forma contínua para evitar ainda mais prejuízos para crianças e adolescentes - sem deixar de lado os protocolos sanitários e os índices epidemiológicos da localidade. 

De acordo com a presidente da entidade, Marise Toffoli, a SGP tem o dever de fornecer subsídios para que a tomada de decisões sobre o retorno das aulas aconteça com base em elementos científicos. “Precisamos considerar aspectos epidemiológicos e todas as questões sanitárias. Mas também devemos observar os impactos que a ausência de aulas presenciais traz para crianças e adolescentes. O que queremos é que as autoridades e a sociedade coloquem o tema em permanente debate, considerando todas as possibilidades. A ideia é que tenhamos  um horizonte”, finaliza a médica. 

Confira no link a íntegra do documento elaborado pela SGP.


Nossos Endereços



Endereço: Edifício Buriti Center, 12º andar, salas 1201-1203, Alameda dos Buritis, nº 408, Centro – Goiânia (GO)

Telefone: (62) 3251-5175

E-mail: sogoped@gmail.com