FÓRUNS DA SBP
    • A criança e a família através dos tempos.
    • Transformações globais e seus impactos na sociedade brasileira: Na saúde; Na área social; Mídia, transformações sociais e juventude.
    • Disparidade de oportunidades: A geração de doenças nos diferentes estratos sociais; A geração da violência nos diferentes estratos sociais.
    • Tentativas de solução das desigualdades através dos tempos: Na educação; Na justiça.
    • Combatendo as desigualdades e ampliando oportunidades: Ações da Pastoral da Criança da Conferência dos Bispos do Brasil; Programa Capital Criança – uma realidade para a redução da mortalidade infantil; Bolsa-escola.
    • Reflexões sobre o trabalho infantil.
    • A Pediatria face às transformações sociais: No mundo; No Brasil: ações legislativas em benefício da infância e da adolescência.
    • A consciência humana e a exclusão social.
    • Considerações sobre o novo Código Civil e o Estatuto da Criança e do Adolescente na área da saúde.
    • A família e o mundo do trabalho.
    • A responsabilidade da SBP e dos pediatras na prevenção da violência.
    • O papel do Estado na saúde.
    • As organizações e as empresas e a responsabilidade social.
    • Estatuto da Criança e do Adolescente: paradigmas em questão e mudança de paradigma.
    • Implementação do ECA: a experiência do Rio Grande do Sul.
    • A experiência da Pastoral da Criança da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.
    • Ações sociais da Nestlé. • Papel social das ONGs.
    • O programa Fome Zero. • A educação modulada pelo estado.
    • Violência: conhecendo e prevenindo.
    • Intolerância: conceituação e teoria da exclusão.
    • A violência nos diferentes extratos sociais.
    • Educando crianças e jovens para a paz e a solidariedade.
    • Drogas: enfrentando este grande mal: Uso de drogas por crianças e adolescentes: repercussão social e na família; Atualização e tratamento; Prevenção.
    • E a educação infantil? Como estão nossas crianças de 4 meses a 5 anos? A diversificação da família atual e sua influência na educação; A creche como parceira da família na educação; Problemas e oportunidades da educação infantil nos meios de comunicação.
    • E os nossos jovens e sua sexualidade? A sexualidade humana do recém-nascido à adolescência; A gravidez na adolescência e suas implicações.
    • Educando crianças e jovens para a paz e a solidariedade.
    • Violência e drogas na infância e adolescência: uma abordagem psicossocial.
    • A fragilização da família e o trabalho da mulher e dos filhos nos dias atuais.
    • A importância da família na formação da individualidade. Relato de Atividades 1997 a 2017 24 Academia Brasileira de Pediatria Sociedade Brasileira de Pediatria
    • Lançamento do “Livro das Famílias – conversando sobre a vida e sobre os filhos”.
    • Responsabilidade social das empresas: Nestlé Brasil Ltda.; Companhia Siderúrgica de Tubarão; Aracruz Celulose.
    • Esporte e lazer: O esporte como instrumento de promoção da vida; Resgate social e profissionalização.
    • O adolescente e suas dificuldades hoje: Psicologia da obesidade na adolescência; Inserção do adolescente no mercado de trabalho; Como lidar com os conflitos mais frequentes da adolescência.
    •  Ampliação da licença-maternidade na prevenção da violência.
    • Prevenção de comportamentos violentos: Perinatalidade, saúde mental e prevenção da violência; A vulnerabilidade da criança e do adolescente às situações de violência; A importância da família e do seu ambiente social; Educação: da creche ao ensino médio – seu papel na construção da cidadania.
    • Formação de vínculos afetivos e a construção da cidadania: Acolhendo a criança e família: o direito à convivência familiar e comunitária no Brasil; O direito a um Lar: família adotiva e substituta; A importância da mídia na estruturação de valores: informando ou formando? • As artes na integração social.
    • O ambiente urbano: sua participação na patologia de crianças e adolescentes.
    • Os riscos da adolescência.
    • Adolescência como processo de metamorfose.
    • Vinculação às gangues e crime organizado: falha nos laços afetivos familiares?
    • Os sinais precoces da desvinculação na adolescência.
    • A criatividade de crianças e adolescentes.
    • Experiência de enfrentamento e prevenção da violência: A polícia especializada na proteção da criança e do adolescente; Fórum “Eduardo Marcondes Machado” Relato de Atividades 1997 a 2017 25 Academia Brasileira de Pediatria Sociedade Brasileira de Pediatria A justiça e os operadores de direito na atenção aos adolescentes em conflito com a lei; Proteção social: discutindo a ressocialização.
    • Cidadania através das artes Apresentação e discussão do filme “Notícias de uma Guerra Particular”.
    • O papel das políticas públicas voltadas para o equilíbrio ambiental na promoção do bem-estar coletivo.
    • A influência do meio ambiente no desenvolvimento da criança.
    • A saúde indígena: A prevenção como estratégia de intervenção entre crianças e jovens Kaingang em relação ao uso abusivo de bebidas alcoólicas; Vacinação; Nutrição.
    • A contribuição do pediatra no projeto Saúde da Família: Estímulo à amamentação; Estímulo à vacinação;
    • Relacionamento com a família.
    • Interfaces da violência: O adolescente adicto ao álcool e outras drogas; A desculturalização como causa; Efeitos da divulgação inadequada na mídia.
    •  O Futuro da Pediatria.
    • Importância da Faculdade de Medicina da Bahia na formação do médico brasileiro.
    • A evolução histórica do ensino da pediatria na Bahia: Ensino da Neonatologia; A Clínica Pediátrica nos dias atuais; Escolas Médicas.
    • Caminhos éticos no relacionamento Pediatra/Família/Paciente: No câncer; Na dependência química; Nos distúrbios do comportamento Na depressão pós-parto; Na ausência de um dos pais; Na mãe adolescente.
    • A importância da educação em Saúde Ambiental para a qualidade de vida das novas gerações.
    • Atividades artísticas e esportivas na promoção da cidadania.
    • Crise na formação do pediatra brasileiro.
    • Saúde Ambiental: Ecologia e saúde: histórico e desenvolvimento na SBP; Principais agravos decorrentes da deterioração ambiental; A importância do ensino da saúde ambiental na formação médica.
    • Temas de sexualidade humana: Desenvolvimento da sexualidade; Erotização precoce; Pedofilia; Aspectos sociais da violência sexual.
    • Nossos filhos, um patrimônio fundamental: Programa Viva Vida.
    • Ciber-violência: televisão, internet, celular e jogos eletrônicos.
    • Estímulo ao parto normal e alojamento conjunto.
    • A criança e o consumo – “a alma do negócio”: Mercantilização da infância: impactos e consequências; Educando crianças para o consumo consciente.
    • Cuidado, afeto e limites – uma combinação possível.
    • Meio ambiente – impacto na saúde: Nas doenças parasitárias; Nas doenças virais; Impacto dos desastres naturais na saúde.
    • Adolescência e drogas: A descriminalização das drogas; Criança, adolescência e droga. Situação atual. Política de reabilitação; Experiência de Belo Horizonte.
    •  A situação atual da criança e do adolescente em Alagoas. Propostas de solução.
    • Determinantes sociais da saúde da criança nordestina.
    • Distúrbios emocionais das crianças e adolescentes e sua prevenção.
    • A criança, arte na medicina e o nordeste.
    • O vínculo mãe e filho.
    • Prevenção da violência e abusos contra a criança.
    • Aleitamento materno: repercussões no presente e no futuro.
    • O consumo de alimentos e a forma física: uma imposição da mídia?
    • Meio ambiente e saúde.
    • Tabagismo – repercussões na infância: Tabagismo, uma doença pediátrica; Patologias respiratórias e tabagismo; Como e quando intervir.
    • A situação das novas famílias: Paternidade e maternidade e suas vicissitudes; Cuidado, afeto e limites; As novas famílias: o papel da assistente social.
    • Violência contra a criança: Prevenção da violência; Trabalhando contra a violência infantil; Síndrome de Munchausen.
    • Prevenção na infância das doenças do adulto: Dislipidemia; Alergia; Diabetes; Câncer. Fórum “Calil K. Farhat” Fórum “A criança nordestina: presente e futuro” Relato de Atividades 1997 a 2017 28 Academia Brasileira de Pediatria Sociedade Brasileira de Pediatria
    • Obesidade: Epidemiologia; Saciedade e fome; Atividade física.
    • Aspectos da dinâmica de crianças em situação de abuso sexual.
    • O pai ontem e hoje: sua participação na estrutura emocional dos filhos.
    • Saúde e meio ambiente.
    • Ecologia, câncer e tabagismo.
    • Identificação da violência contra a criança pelo pediatra.
    • Terminalidade da vida.
    • As novas famílias e suas implicações no desenvolvimento da criança e do adolescente: Famílias do século XX; Aspectos psicológicos.
    • A importância do lazer para o desenvolvimento saudável da criança e do adolescente.
    • Os fundamentos de um desenvolvimento sustentável: Desafios da educação no Brasil; Saúde física; Saúde emocional.
    • Riscos da criança e do adolescente no século XXI: Drogas; Sexualização precoce; Criança terceirizada.
    • Os primeiros mil dias da criança. Fórum “Dalva Sayeg” Fórum “César Pernetta” Relato de Atividades 1997 a 2017 29 Academia Brasileira de Pediatria Sociedade Brasileira de Pediatria
    • O desenvolvimento da criança frente às exigências do século XXI: Da escola; Da sociedade; Da família.
    • Impacto do meio ambiente sobre o desenvolvimento cerebral.
    • A sexualidade da criança e do adolescente no século XXI: Desenvolvimento da sexualidade; Cyber crimes: pornografia e pedofilia; Família e sociedade.
    • A sociedade no enfrentamento à violência: Escola; Saúde; Justiça.
    • Ponto e contraponto – “A liberdade e seus limites: do estímulo à criatividade à liberalidade sem leis”: A entrada na cultura e na sociedade; Educação e estímulo ao desenvolvimento; Liberalidade sem leis.
    • Resiliência.
    • Da autoagressão ao suicídio.
    • Vícios e dependências atuais: No esporte; Na alimentação; Internet e jogos eletrônicos.
    • A cultura do Pronto Socorro: quem cuidará das crianças?
    • Formas silenciosas de violência: Terceirização do cuidar; Alienação parental; Violência química.
    • A violência sexual e o acolhimento institucional de crianças e adolescentes.
    • A criança à espera de adoção.
    • A criança deficiente através dos tempos.
    • Formação da cidadania: o papel da família e dos educadores.
    • Inclusão social da criança com deficiências temporárias.
    • Inclusão social da criança com deficiências permanentes. Fórum “Jolindo Martins” Relato de Atividades 1997 a 2017 30 Academia Brasileira de Pediatria Sociedade Brasileira de Pediatria
    • É a vida e é bonita e é bonita.
    • Efeitos do álcool na gestante, no feto e no recém-nascido.
    • Gravidez na adolescência e seus riscos.
    • Gravidez indesejada.
    • Maus tratos na infância – como prevenir e curar?
    • Os conhecimentos atuais e os cuidados para os primeiros mil dias de vida.
    • Desenvolvimento da criança: os efeitos em longo prazo das adversidades e do estresse tóxico.
    • Boas práticas clínicas e de laboratório na pesquisa: Laboratorial; Clínica; Epidemiológica.
    • Principais problemas em neonatalogia a partir de casos clínicos: Anoxia perinatal; Transporte do prematuro; A primeira hora do recém-nascido.
    • Saúde da criança: o entendimento da saúde e doença através de princípios evolutivos.
    • Pesquisa: Estudos quantitativos e qualitativos; Peculiaridades éticas na pesquisa clínica em crianças e adolescentes; Limites éticos no uso de placebos; Limites éticos no desenho do grupo controle; Ética na pesquisa e publicação científica.
    • Os primeiros minutos do recém-nascido... passaporte para toda a vida.
    • Insensatez na educação: Fórum “Izrail Cat” Fórum “José Machado de Souza” Relato de Atividades 1997 a 2017 31 Academia Brasileira de Pediatria Sociedade Brasileira de Pediatria Educação terapêutica – um caminho para a expressão do Ser na aprendizagem; Educação inclusiva; Internet: desafio ou insensatez?
    • Prevenção pediátrica das doenças do adulto: Síndrome metabólica; Câncer; O brincar e o sonhar – fatores de prevenção do sofrimento psíquico.
    • Direitos da criança e do adolescente – utopia ou realidade: A implantação do sistema de garantia de direitos da criança e do adolescente; A criança como protagonista no vínculo familiar; A efetivação do direito à convivência familiar e às audiências concentradas. • Violência doméstica.
    • DST/AIDS.
    • Drogas ilícitas e seus dano.
    • Crimes virtuais.
    • A criança e o espaço urbano: Espaço urbano para um Brasil humano; A cidade e o espaço da criança.
    • As novas famílias: Famílias em família: a nova ordem da psicodinâmica parental; O direito fundamental da criança e do adolescente à convivência familiar; A criança terceirizada.
    • Violência no lar, na rua e na escola: Violência no lar; Violência na rua; Violência na escola.
    • As relações sociais e familiares das crianças. O problema do estresse tóxico e a perda do vínculo.
    • Fortalecendo a maternidade: Licença-maternidade: como implementá-la; Aspectos bio-psico-sociais do aleitamento materno; Direito à assistência pré-natal, parto e puerpério. Fórum “José Rubens do Amaral Zaitune” Relato de Atividades 1997 a 2017 32 Academia Brasileira de Pediatria Sociedade Brasileira de Pediatria
    • A mídia, a família e a sociedade: Passado, presente e futuro da comunicação social; A mídia: reflexos positivos e negativos na criança e na família; vPapel dos órgãos controladores e reguladores.
    • Prevenção de acidentes na infância e adolescência: O papel do pediatra; Papel da sociedade civil organizada; Papel dos órgãos controladores e reguladores.
    • Maus tratos na infância e adolescência: Conceituando maus tratos; Rompendo paradigmas culturais: casa, escola e sociedade; vConselho Tutelar e o Direito da Criança e do Adolescente.
    • Família e seus conflitos: Adoção; Alienação parental e guarda compartilhada; Rejeição: como nasce e como pode se prevenir?
    • Drogas lícitas e ilícitas - desafios: Drogas lícitas e ilícitas: contextualizando; O papel do sistema de justiça; Experiência exitosa na prevenção do uso de drogas.
    • Prevenção e promoção da saúde da criança e do adolescente: Sexo e DST/AIDS na adolescência; Crescimento e desenvolvimento; Saúde bucal e suas repercussões sistêmicas. 
    • Drogas na gestação e seus agravos: do feto ao adulto.
    • Microcefalia no contexto atual e suas possíveis consequências no crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes.
    • Convivência das crianças e adolescentes nas famílias atuais: Síndrome dos pais ausentes e a importância do estresse tóxico; Que adulto esperar, fruto das famílias atuais?
    • Direitos e deveres da criança e do adolescente na sociedade atual: Atualização do ECA e políticas para implantação no Brasil; Equilíbrio entre direitos e deveres na infância e juventude.
    • Violência contra a criança e o adolescente e suas consequências: “Bullying” nas escolas em particular e na sociedade em geral; Violência doméstica: física e/ou psíquica. Fórum “Antonio Simão dos Santos Figueira” Relato de Atividades 1997 a 2017 33 Academia Brasileira de Pediatria Sociedade Brasileira de Pediatria
    • Prevenção na criança e no adolescente das doenças do adulto: Doenças orgânicas e emocionais podem ter origem na infância e adolescência? Atividades físicas, artísticas e lúdicas podem prevenir doenças orgânicas e emocionais do adulto? Mitos e verdades.
    • Benefícios e malefícios dos meios de comunicação no desenvolvimento físico e psíquico das crianças e adolescentes: Benefícios; Malefícios.
    • A arte na medicina como instrumento preventivo e terapêutico na saúde de crianças e adolescentes: Medicina e arte voltadas para a infância e juventude; Humanização da saúde pela linguagem; O som da vida.
    • A sociedade Brasileira de Pediatria e o pediatra ao longo do tempo.
    • Morte violenta na criança e no adolescente: Homicídio de jovens; Suicídio na infância e na adolescência.
    • Resiliência.
    • Prevenção de preconceitos: Crianças e adolescentes com deficiências; Preconceito de cor, raça/etnia, gênero e religião.
    • Degradação do meio ambiente e doenças emergentes: aspectos médicos, sociais e éticos.
    • Família ao longo do tempo e suas implicações sociais: Aspectos emocionais; Aspectos jurídicos.
    • Populações indígenas: saúde e cidadania: Perspectiva do Serviço de Saúde; Perspectiva do indígena; Vivência.
    • Arte na Medicina: Medicina e Arte voltadas para a infância e juventude; Humanização da saúde pela linguagem. 
    • Meio ambiente, saneamento e arboviroses: Saneamento no Brasil e sua influencia nas arboviroses; O futuro das crianças com microcefalia; Divisão de responsabilidades no tratamento e prevenção: estado e sociedade civil, qual o papel de cada setor? • Consultório na rua.
    • A criança desaparecida: O papel da mídia; Prevenção e enfrentamento/sistema em rede – Sistema Ambert; Tráfico de menores/adoção ilegal.
    •  Impacto da mídia: Educação e aprendizado; Nas relações familiares; Ciberbullying - como lidar e evitar consequências.
    • Cuidados paliativos: Princípios dos cuidados paliativos pediátricos; Papel da equipe multidisciplinar no cuidado integral; Repercussões nas relações e estrutura familiar da criança em cuidados paliativos.
    • Doenças raras: Centros de referências em doenças raras no pais; Políticas federais para doenças raras no Brasil; Governo, academia e associações, juntos em prol dos pacientes com doenças raras.
    • A história da criança e do adolescente: do Brasil colonia ao Brasil da atualidade.
    • Doenças sexualmente transmissiveis. 
  • 1º MESA REDONDA: “AUGUSTO GOMES DE MATTOS”- DISTÚRBIOS DO

    HUMOR NA CRIANÇA E NO ADOLESCENTE.

    • Insegurança e agressividade na criança e no adolescente.
    • Depressão na criança e no adolescente.
    • Redes sociais e distúrbios comportamentais.  


    2º MESA REDONDA: “J. RENATO WOISKI’ - O ADOLESCENTE E AS

    DROGAS - UM TEMA QUE NÃO SE ESGOTA.

    • O início da drogadição.
    • A família do adolescente drogadito.
    • Quais as ações da Secretaria de Estado da Saúde?  


    3º MESA REDONDA: “WILSON MACIEL”- ESCOLAS INOVADORAS.

    • O neurodesenvolvimento das crianças que vão para berçários, creches e escolinhas.
    • Como enfrentar o desafio do cyberbullying? 
    • Multidisciplinaridade na educação. 


    4º MESA REDONDA “SAMUEL SCHVARTSMAN” - MEDICINA INTEGRATIVA.

    • O conceito de medicina integrativa em pediatria - terapias complementares baseadas em evidência em associação com terapias convencionais.
    • Os benefícios das terapias complementares nas enfermidades pediátricas graves.
    • Musicoterapia: Uma abordagem particularmente eficaz para pacientes pediátrico. 


    ATIVIDADE CULTURAL ´BENJAMIN SCHMIDT´  


    5º MESA REDONDA: “MARIA APARECIDA SAMPAIO ZACCHI “- CRECHES,

    BERÇÁRIOS, ESCOLINHAS - SÃO NECESSÁRIOS?

    • Visão sobre o tema  


    6º MESA REDONDA: “PAULO DE BARROS FRANÇA” - DIREITOS DO

    RECÉM-NASCIDO.

    • O parto seguro.
    • Direitos do nascituro.
    • O papel da família frente aos direitos do recém-nascido.  


    7º MESA REDONDA: “AZARIAS ANDRADE CARVALHO” - APRENDENDO A

    ENTENDER OS ADOLESCENTES.

    • O que é ser um adolescente no século XXI? 
    • O ECA de 1990 à atualização de 2016 - houve avanços em relação ao adolescente?
    • Como a família moderna entende o adolescente? 
  • 1º Conferência - Parto Adequado  

    1º Mesa-redonda - Parto adequado

    Visão do obstetra

    Visão do neonatologista

    Visão da enfermeira obstetriz

    Visão do anestesista  

    2º Conferência - Internet / Navegação Segura  

    2º Mesa-redonda - Maioridade Penal

    Visão da justiça

    Visão do hebiatra

    Visão do especialista segurança pública  

    3º Conferência - Família, Escola e Sociedade - Limites na infância e adolescência  

    3º Mesa-redonda - Família, Escola e Sociedade

    Terceirização das Crianças

    Desafios da escola na atualidade

    Uma Viagem Além das Fronteiras do Indivíduo 

Nossos Endereços

www.sbp.com.br

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520