Associe-se

SBP está mais próxima do estudante de medicina e do residente em pediatria, afirma a 2ª diretora financeira da entidade


Para fortalecer o ensino médico nos cursos de graduação e nos programas de residência em Pediatria, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) vem promovendo diversas ações para o aprimoramento de preceptores, gestores e estudantes. A meta maior é garantir a qualidade na formação acadêmica dos especialistas no País, conforme relata a 2º diretora financeira da entidade, dra. Ana Cristina Ribeiro Zöllner, em entrevista especial.

Ao SBP Notícias, ela detalhou algumas dessas iniciativas, como a produção periódica de conteúdo científico atualizado, a criação da Comissão de Ensino e Residência Médica e o estímulo às Ligas de Pediatria. Segundo contou, a entidade também tem atuado junto aos Ministérios da Saúde e Educação pela valorização da formação médica e pela consolidação efetiva das diretrizes curriculares para a graduação e para a Residência Médica.

Dra Ana destacou ainda que com a promoção do aperfeiçoamento acadêmico e da educação continuada para o médico residente, a SBP corrobora com a construção de uma carreira planejada, visando um futuro profissional mais amplo e satisfatório para as novas gerações de pediatras.

CONFIRA A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA ABAIXO:

SBP Notícias – Como avalia o papel dos programas de residência em pediatria para a melhoria da qualidade do atendimento a crianças e adolescente no Brasil?

Dra Ana - Os programas de residência médica são cursos de pós-graduação, onde o aluno dedica 2.880 horas por ano em atividades teóricas e práticas. São 60 horas semanais de aprendizado em contato com pacientes, preceptores e cenários de prática na área específica, o que significa um aprofundamento importante em sua formação médica. Desta forma, entendemos que o médico residente deve fazê-lo com preceptores competentes, éticos e envolvidos em cenários de prática adequados (ambulatórios, berçários, enfermarias, Unidades de Terapia intensiva, urgência e emergência), em instituições comprometidas com a formação médica e com gestores cumpridores de seu papel financiador de recursos financeiros e humanos.

SBP Notícias – Quais as principais ações promovidas pela SBP para aprimorá-los?

Dra Ana - Preocupada com esta formação, a SBP tem trazido à pauta a discussão da formação do especialista em pediatria junto à Comissão de Ensino e Residência Médica, formada por pediatras de destaque na área, oriundos de todas as regiões do País. No último Congresso Brasileiro, realizado em Fortaleza (CE), foram dois dias inteiros dedicados a este debate. Além disso, temos atuado fortemente junto a preceptores, médicos residentes e gestores, cada um na sua esfera de atuação e de compromisso com a formação do futuro pediatra.

SBP Notícias – Há outras iniciativas relacionadas a este objetivo?

Dra Ana – Sim, é claro. Uma delas tem sido o lançamento periódico de diversos documentos científicos, sempre com temas importantes da atualidade. Temos ainda a oferta de cursos online e de publicações científicas, com destaque para a revista Residência Pediátrica, espaço para divulgar artigos de interesse dos médicos residentes. A SBP também desenvolve um espaço em seu site que configura um novo canal de comunicação com médicos residentes e preceptores do País.

SBP Notícias – E em relação aos programas de graduação, como a SBP vem atuando?

Dra Ana - No mesmo Congresso de Pediatria, discutimos bastante a formação do médico no País. Em breve, teremos uma publicação do grupo de graduação apontando as diretrizes ideais para a formação do futuro médico, que poderá ou não atuar como pediatra, mas que deverá receber, ao longo desse processo, acesso a conteúdos essenciais para sua futura atuação profissional.

SBP Notícias – Qual a importância das Ligas de Pediatria para a atual gestão da SBP?

Dra Ana - As Ligas de Pediatria são espaços importantes nas escolas médicas. Nelas, o aluno da graduação tem a oportunidade de entrar em contato com a pediatria de maneira mais profunda, de discutir e vivenciar a puericultura, além de oportunizar atividades extramuros junto a crianças e aos adolescentes, em outros cenários que não o consultório ou a rede hospitalar. Muitos dos atuais pediatras vivenciaram as ligas em suas faculdades, o que os impulsionaram no desejo de abraçar a especialidade, orientando-os numa atuação mais vigorosa em prol das crianças e adolescentes.

SBP Notícias – Qual a relevância do Programa SBP Residente?

Dra Ana - O Programa Médico Residente tem por objetivo incentivar jovens pediatras a participarem ativamente da SBP, a fim de tornar a Sociedade cada vez mais dinâmica, fortalecendo, assim, sua missão de zelar pelo futuro da especialidade. Neste sentido, uma das principais ações da Sociedade consiste em promover o aperfeiçoamento acadêmico e a educação continuada para o médico residente. Ao desenvolver este trabalho, a SBP corrobora com a construção de uma carreira planejada, visando um futuro profissional mais amplo e satisfatório para as novas gerações de pediatras. Essas ações são reforçadas pelo estímulo à convivência entre pediatras de todas as idades e de experiências diversas, que têm em comum o entusiasmo pelo desenvolvimento da qualidade da atenção à saúde da criança.

SBP Notícias – Existe alguma ação da SBP junto aos Ministérios da Educação ou da Saúde pelo aperfeiçoamento do ensino dos estudantes de graduação e residentes?

Dra Ana – Sim, existe. A atual gestão da SBP tem atuado junto aos dois Ministérios em busca de maior valorização da formação médica e da consolidação efetiva das diretrizes curriculares para a graduação e para a Residência Médica. Além disso, temos trabalhado pela valorização da especialidade tanto na área da defesa profissional como nos programas que envolvem a criança e o adolescente, desde a promoção, prevenção até o tratamento e recuperação dos agravos.

SBP Notícias – Como avalia o trabalho atual da SBP?

Dra Ana - A atual gestão da SBP tem tido a preocupação de estar junto com os pediatras de todas as regiões do País, respeitando suas características e necessidades locais. Da mesma forma entende que a formação do futuro pediatra deve ser garantida com qualidade. A SBP atua, hoje, fortemente em várias frentes, como Defesa Profissional e produção científica atualizada e de qualidade por meio das publicações e eventos científicos. Como parceira dos pediatras, tem sempre os braços acolhedores e abertos a todos aqueles que precisarem de apoio em sua atuação profissional e de formação na área da pediatria. Desta forma, não poderia deixar para trás a formação destes futuros pediatras, e para tanto tem se esmerado junto aos professores de graduação e pós-graduação, bem como aos preceptores de Residência Médica buscando consolidar cada vez mais o papel destes mestres.

Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 / 8618 / 8901 / 8675 • Fax: 3081-6892 

SBP-RS • R. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520 

Memorial • Rua Cosme Velho, 381 - Cosme Velho (RJ) - CEP: 22241-125 • 21 2245-3110