Acesso não autorizado em unidades de Covid representa risco à saúde

O alerta é da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP)

Veiculado em 18 de junho de 2020

O desrespeito às normas de segurança hospitalar em unidades que tratam a COVID-19, sobretudo o acesso não autorizado às dependências dos centros médicos, configura um grave risco à saúde e à vida de pacientes e dos profissionais de saúde. Em entrevista à Rádio CBN Vitória, nesta quinta-feira (18), o 2º vice-presidente da SBP, dr. Edson Liberal, demonstra a preocupação da categoria com o tema.

Conforme salienta o pediatra, se há dúvidas sobre o atendimento à COVID-19, as denúncias devem ser encaminhadas aos órgãos competentes, como Ministério Público e Conselhos Regionais de Medicina (CRMs).

“A invasão dos hospitais, em total desrespeito às regras, amplifica o problema, uma vez que gera repercussões negativas para o paciente internado, assim como desestabiliza e intensifica o ambiente de insegurança ao qual médicos e enfermeiros já estão submetidos diariamente nessa crise da COVID-19. A pandemia deveria ser enfrentada em conjunto por toda a população e poder público. Se há qualquer suspeita sobre a assistência dos pacientes, que elas sejam adequadamente investigadas na forma da lei. O que a sociedade não pode admitir são atos violentos de transgressão das normas, muitas vezes embasados por um viés negacionista”, afirma o dr. Edson Liberal.

Acesse aqui à entrevista completa.

Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520