Congresso Mineiro de Pediatria acompanha o florescer saudável da criança

Começa nesta quarta-feira (6) e vai até sábado (9) a 15ª edição do Congresso Mineiro de Pediatria, realizado pela Sociedade Mineira de Pediatria (SMP) com o apoio da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP). A expectativa é de grandes resultados: ao longo dos três dias ocorrerão discussões sobre o crescimento do indivíduo (desde o nascimento à adolescência) e o início da vida adulta. O tema central do evento é “Florescer saudável: missão do pediatra”.

Mais de 1.300 pediatras, residentes e acadêmicos de medicina, além de outros profissionais de saúde, são esperados no Palácio das Artes, em Belo Horizonte (MG), para acompanhar uma programação que investe na troca de experiências e confraternização. O modelo adotado pelo Congresso traz uma inovação para os eventos científicos da filiada da SBP em Minas Gerais. O painel de debate é composto por conferências, apresentações e discussões de casos clínicos.

ACESSE AQUI A PROGRAMAÇÃO COMPLETA.

De acordo com presidente do Congresso e vice-presidente da SMP, dra. Marisa Lages Ribeiro, o encontro busca destacar o papel do pediatra no desabrochar de cada criança e adolescente dentro de suas potencialidades. “Vamos chamar a atenção sobre nossa atuação como orientador da família na promoção da saúde, entendida como bem-estar bio, psico e social”, adianta.

PROGRAMAÇÃO – A presidente da SBP, dra. Luciana Rodrigues Silva, ministrará no dia 6, das 8h às 9h, a conferência de abertura “Ser pediatra no Brasil”. Na sequência, estão previstas a apresentação do Caso clínico “5º dia de consulta” e as conferências “Instalação do microbioma na infância”, com o dr. Luciano Amedée Peret Filho, coordenador Regional Sudeste da SBP; “Atualização em imunização”, com o dr. José Geraldo Ribeiro Leite, do Departamento Científico (DC) de Imunizações da SBP; “Suplementação vitamínica”, com a dra. Virgínia Weffort, presidente do DC de Nutrologia Pediátrica da SBP; “Sangue nas fezes: como conduzir?”, com a dra. Maria do Carmo Barros Melo; e o Caso clínico “Lactante com ganho de peso insatisfatório”, com apresentação e moderação das dras. Mônica Maria de Almeida Vasconcelos e Isaela Leite Pezzuti.

Encerrando o primeiro dia de atividades ocorrerão a conferência “Síndrome de Down”, com a dra. Letícia Lima Leão; e o Caso clínico “Lactente com atraso do neurodesenvolvimento”, com apresentação e moderação da dra. Andréa Chaimowicz.

Na quinta-feira (7), a grade científica traz as conferências “Primeiro episódio de sibilância: é bronquiolite?”; “É possível prevenir alergia?”; “Prevenção do estresse tóxico na infância”, com a dra. Liubiana Araújo, presidente do DC de Desenvolvimento e Comportamento da SBP; “Prevenção de acidentes”; “Oftalmologia pediátrica”; além de painéis e casos clínicos.

Já na sexta-feira (8), a programação começa com a conferência “Florescer saudável” e o Caso Clínico “Acolhimento do adolescente no serviço de saúde”, além das conferências “Desafios das arboviroses”; “A nova pediatria”; “Infecção do trato urinário”; “Aprender a aprender para fazer a diferença”; “Importância da espiritualidade na saúde”; e dos Casos clínicos “Por que meu filho não aprende?” e “Os desafios da criança com espectro autista”. Encerrando o dia, a Premiação dos Temas Livres.

PRÊMIO ENNIO LEÃO – Assim como houve recorde de inscritos, o número de trabalhos submetidos também superou as expectativas dos organizadores do Congresso. Foram 363 trabalhos apresentados nas várias áreas da pediatria, sendo 340 aprovados para apresentação de pôster e outros nove para apresentação oral, os quais foram agraciados com o Prêmio Ennio Leão.

O pediatra Ennio Leão, que dá nome à premiação dos Temas Livres, é Professor emérito da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Foi mestre e é inspiração para vários pediatras não só em Minas Gerais, mas também no Brasil. Teve participação ativa na clínica pediátrica, com destaque para a hidratação venosa em resposta à perda de líquido causada, principalmente, pela diarreia aguda, além de ter papel importante da divulgação da terapia de reidratação oral.

Ele defendeu um diagnóstico diferenciado para a icterícia neonatal e foi estudioso das doenças nutricionais, especialmente da desnutrição, do raquitismo e do escorbuto. O médico mostrou a possibilidade do tratamento ambulatorial da desnutrição, numa época em que o diagnóstico da doença implicava no tratamento hospitalar.

CURSOS DE IMERSÃO – No dia 9 de junho (sábado), a Faculdade de Medicina da UFMG sedia os Cursos de imersão do Congresso Mineiro de Pediatria, sob a coordenação da dra. Eleonora Druve Tavares Fagundes. As atividades têm como objetivo complementar os conhecimentos adquiridos durante o Congresso, com temas variados e discussões atuais sobre a pediatria.

Um dos objetivos do 15º Congresso Mineiro de Pediatria é aumentar a participação de acadêmicos de medicina. Pensando nisso, estabeleceu-se parceria com as Ligas de Pediatria e com a Sociedade de Acadêmicos de Medicina de Minas Gerais (SAMMG). Os estudantes se inscreveram com preços promocionais e a participação deles é, até agora, a maior registrada em toda a história do Congresso Mineiro de Pediatria.

*(Com informações da assessoria de imprensa da SMP).


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520