Desaparecimento de crianças e adolescentes no Brasil foi tema de miniconferência no 38º CBP

Exploração sexual, trabalho escravo, remoção de órgãos e adoção ilegal são as causas mais comuns para explicar o desaparecimento de crianças e adolescentes no Brasil. O tema, que apresenta números alarmantes, foi apresentado pelo médico e secretário geral da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), dr Sidnei Ferreira, em miniconferência durante o 38º Congresso Brasileiro de Pediatria, que está acontecendo em Fortaleza até sábado (14).

 Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), existem milhões de crianças e adolescentes desaparecidas e 46 milhões de trabalhadores escravos no mundo (40% crianças e adolescentes). No Brasil, são 250 mil pessoas desaparecidas. A cada 15 minutos uma criança ou adolescente desaparece, segundo dados de CPI da Câmara dos Deputados de 2010.

No Estado de São Paulo, ano passado, foram lavrados cerca de 22 mil boletins de ocorrência de desaparecimento de pessoas. Entre janeiro 2009 e setembro 2014, houve um total de 129.065 casos; cerca de nove mil crianças e 46 mil adolescentes, segundo o MP-SP e o PLID-SP.

Para dr Sidnei Ferreira, isso sempre aconteceu. Contudo, segundo ele, no Brasil, ainda há dificuldades para se combater esse problema devido às falhas existentes na justiça, demora nas tentativas de adoção e dificuldade nas notificações e ocorrências policiais.

De acordo com o médico, ainda existem situações nas quais o crime aparece disfarçado ou se apresenta como “adoção à brasileira”. “Esse é um fator que prejudica e mascara os dados inscritos no Cadastro Nacional de Adoção, desconsiderando os reais interesses da criança e do adolescente e encobrindo o tráfico de pessoas”, pontuou.

Dr Sidnei Ferreira também foi presidente da Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro (Soperj). Ele é atualmente diretor e conselheiro do Conselho Federal de Medicina (CFM) e do Conselho Regional de Medicina do Rio de Janeiro (Cremerj), do qual foi ainda presidente. É ainda professor adjunto da Universidade Federal do Rio de Janeiro e da Universidade Estácio de Sá.


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520