Dia do Adolescente engaja pediatras em atividades por todo País


Em alusão ao Dia do Adolescente, comemorado em 21 de setembro, as filiadas da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) e pediatras de Norte a Sul do País, mobilizaram esforços na promoção de diferentes iniciativas para orientar pais, responsáveis, educadores e adolescentes sobre as questões contemporâneas mais relevantes que acometem essa faixa etária.

Durante todo o mês de setembro, a adolescência foi comemorada em eventos e debates científicos com foco na atualização dos profissionais que atuam no atendimento desse público, assim como em atividades voltadas à promoção da autonomia, autoconhecimento e educação em saúde dos jovens brasileiros. Confira abaixo algumas das principais realizações:

BAHIA – Em Salvador (BA), na manhã do dia 25 de setembro, a presidente do Departamento Científico de Adolescência da Sociedade Baiana de Pediatria (Sobape), dra. Sandra Plessim, realizou uma capacitação para atendimento de adolescentes, com os profissionais de saúde do 11° Centro de Saúde Ensino Teixeira, localizado no bairro Saboeiro. De acordo com a especialista, a qualificação visa melhorar a assistência local, a partir da atualização em assuntos como contracepção, gravidez precoce, paciente e família, infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), cultura da violência e mais.

MATO GROSSO – No dia 30 de setembro, a presidente do Departamento Científico de Adolescência da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), dra. Alda Elizabeth, participou do Fórum de Medicina do Adolescente, promovido em parceria pela Sociedade Matogrossense de Pediatria (Somape) e pelo Conselho Regional de Medicina do Mato Grosso (CRM-MT), em Cuiabá (MT).

O evento – destinado a médicos, estudantes e profissionais da área da saúde – contou com aulas a respeito de diferentes temas relacionados à saúde dessa faixa etária pediátrica, como crescimento e desenvolvimento; autoagressão e suicídio; abordagens específicas em consulta; e conflitos éticos e legais.

Na oportunidade, estiveram presentes o secretário-adjunto de Assistência à Saúde da cidade, Luiz Gustavo Raboni Palma; o vice-presidente do CRM-MT, Pedro Crotti; e o professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), Amilcar Sabino Damazo. As aulas foram transmitidas ao vivo pela internet e estão disponíveis no link.

MATO GROSSO DO SUL – A presidente da Sociedade de Pediatria do Mato Grosso do Sul (SPMS), dra. Carmen Lúcia de Almeida Santos, publicou no jornal “O Progresso” um artigo em alusão ao Dia do Adolescente. No texto, a pediatra salientou a importância do acompanhamento desse grupo, repleto de características físicas, mentais e socioculturais específicas, que denotam a transição entre a infância e a idade adulta.

“É necessário assegurar aos jovens direitos e investir no seu futuro, oferecendo a todos uma educação de qualidade, emprego e renda decentes, segurança pessoal e acesso à saúde, em especial à saúde sexual e reprodutiva, além de educação integral, num contexto de igualdade entre os gêneros e livre de qualquer tipo de violência ou discriminação”, escreveu.

MINAS GERAIS – A presidente do Departamento Científico de Adolescência da Sociedade Mineira de Pediatria (SMP), dra. Cristiane de Freitas Cunha, gravou uma mensagem especial para as redes sociais da entidade, em que comenta sua experiência à frente do projeto de extensão “Janela da Escuta”, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). No vídeo, a especialista reforçou a relevância de promover atividades de autoconhecimento para os jovens, além de realizar o acolhimento dos adolescentes e seus familiares – diferenciando cada demanda. Assista aqui ao vídeo da SMP.

No dia 21, em Ubá (MG), a hebiatra Márcia Oliveira, da Unidade de Saúde do bairro Peluso, promoveu rodas de conversa com cerca de 70 alunos do 8º e 9º ano do Ensino Médio, da Escola Estadual Cesário Alvim. Com auxílio da psicóloga Letícia T. Moreira de Oliveira e da estagiária Emília Maria Mendes, foi abordado o tema “suicídio”, além de outros sugeridos pelos próprios estudantes.

Na cidade de Governador Valadares, outro integrante do Departamento Científico de Adolescência da SMP, dr. Darlan Correa Dias, promoveu em conjunto com os alunos de Medicina da Universidade Vale do Rio Doce (Univale) um seminário sobre “Suicídio”, destinado a cerca de 40 pais de estudantes do ensino médio do Colégio Genoma. A atividade, realizada no dia 16 de setembro, também contou com palestra da psiquiatra infantil Karine Jacarandá.

Além disso, no dia 18, dr. Darlan Dias realizou uma sessão de cinema com os alunos de Medicina da Univale, onde ocorreram discussões sobre sexualidade e vivência na periferia, após a exibição do filme “Moonlight – sob a luz do luar”.

PARANÁ – Durante o mês de setembro, para dar mais visibilidade às demandas específicas dos adolescentes, foi divulgado em diferentes veículos de comunicação um texto sobre o tema, escrito pela presidente do Departamento Científico de Adolescência da Sociedade Paranaense de Pediatria (SPP), dra. Darci Bonetto.

No dia 24/9, também ocorreu na sede da filiada, em Curitiba (PR), o Fórum “Criança e adolescente na era digital”, com o objetivo de atualizar os pediatras paranaenses nos seguintes temas: “Influência digital no desenvolvimento neurológico”; “Cognição e aprendizagem”; “Ferramentas para controle parental no uso de tecnologias”. A atividade contou com palestras dos drs. Antônio Carlos Faria; Cineiva Campoli Tono; e Ataide Prestes. Para assistir à gravação do evento, clique no link.

Além disso, foram realizadas visitas a diversos grupos de adolescentes no intuito de levar orientações: na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), ocorreram debates sobre “suicídio”; em Campo Largo, a pauta foi “prevenção contra as drogas”; e no Hospital Pequeno Príncipe as rodas de conversa abordaram o tema “espiritualidade”.

Um grupo de hebiatras da SPP – dras. Beatriz Bermudez, Iolanda Novadzki e Darci Bonetto – compareceu ainda a escolas do bairro de Uberaba, em Curitiba (PR), para trabalhar assuntos relacionados à saúde dos jovens na atualidade, com ênfase em diferentes tipos de prevenção.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Curitiba também promoveu orientações a profissionais, na sede da instituição, no dia 21 de setembro. Sob coordenação da dra. Júlia Cordellini – médica de referência em Saúde do Adolescente da SMS –, foram realizadas mais visitas a escolas públicas da cidade.

No dia 18, os alunos do Colégio Estadual Monteiro Lobato receberam dicas sobre saúde integral, com ênfase no protagonismo dos próprios jovens na construção dos seus projetos de vida. Nos dias 25 e 27, foi a vez dos estudantes do Colégio Estadual Prof. Narciso Mendes ouvirem recomendações a respeito de depressão e ansiedade. Além disso, no dia 18, indicações sobre prevenção ao suicídio, com abordagens sobre a identificação de sentimentos e como buscar apoio, também foram fornecidas a estagiários de variados setores da SMS.

RIO DE JANEIRO - Para auxiliar na qualificação dos pediatras, a Sociedade do Estado do Rio de Janeiro (Soperj) traduziu neste mês de setembro o documento “O desenvolvimento do adolescente”, como base no relatório The Teen Years Explained: A Guide to Healthy Adolescent Development, desenvolvido pelo Centro de Saúde dos Adolescentes, da Universidade Johns Hopkins (EUA).

A publicação analisa as principais mudanças que ocorrem no desenvolvimento dos adolescentes e apresenta sugestões de como pais e pediatras podem ajudar os jovens nesse período. O material foca nas cinco áreas de desenvolvimento na adolescência: física, emocional, cognitiva, social e moral.

De acordo com a presidente do Departamento Científico de Adolescência da Soperj, dra. Rachel Niskier, os adolescentes ainda não são reconhecidos por grande parcela da população como sujeitos em desenvolvimento, com características e especificidades próprias. “Esse desconhecimento gera equívocos na educação fornecia pelas famílias e até em alguns profissionais que lidam com esse público. O documento traduzido pelos especialistas do nosso Departamento tem como objetivo justamente trazer subsídios para a compreensão dessa faixa etária, com ênfase em todas as nuances e elementos que enriquecem a adolescência, um momento tão importante para o desenvolvimento do ser humano”.

RIO GRANDE DO SUL – Também no dia 18 de setembro, aconteceram discussões de atualização sobre o tema “Adolescência”, entre os diferentes profissionais – hebiatras, psiquiatras, psicólogos, nutricionistas, assistentes sociais e dentistas – que atuam no Grupo Hospitalar Conceição (GHC), em Porto Alegre (RS). A dra. Lilian Day Hagel, hebiatra da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS) e coordenadora do Serviço de Adolescentes do GHC, conduziu as sessões de palestras sobre a gravidade dos transtornos mentais que acometem esses pacientes, com ênfase na importância do diagnóstico precoce. Também foi discutido o aumento dos casos de suicídio entre a população pediátrica.

SANTA CATARINA – No dia 13 de setembro, ocorreu no auditório do Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina (CRM-SC), em Florianópolis (SC), o I Simpósio de Saúde Mental da Criança e do Adolescente na Era Digital. O evento – promovido em parceria pela Sociedade Catarinense de Pediatria (SCP), Associação Catarinense de Psiquiatria (ACP) e Associação de Terapias Cognitivas (ATC-SC) – teve como intuito celebrar o Dia do Adolescente, além de integrar as ações em alusão ao Setembro Amarelo – mês da campanha nacional de prevenção ao suicídio.

Na oportunidade, a integrante do Departamento Científico de Adolescência da SBP, dra. Gianny Cesconetto, apresentou ao público o novo documento da entidade “O Dia do Adolescente: a importância para o pediatra”.

Na cidade de Lages, na região serrana do Estado, a dra. Tânia Maria Sbeghen de Oliveira, do ambulatório de Hebiatria da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), conduziu a palestra “Suicídio x juventude: menos estatísticas adversas, mais projetos de vida”, durante o II Seminário de Prevenção ao Suicídio, realizado no dia 24 de setembro.

Já no dia 27, com promoção da Prefeitura de Lages e apoio da SBP e Uniplac, aconteceu também o I Fórum das Agremiações Juvenis, com debates de tópicos relacionados à saúde, educação, assistência e comunidade.

SÃO PAULO – Em Santo André (SP), na região do ABC Paulista, a integrante do Departamento Científico de Adolescência da SBP, dra. Ligia de Fátima Nóbrega Reato, proferiu palestras sobre o “Dia do Adolescente”, nos dias 21 e 23 de setembro, em dois eventos promovidos pelo Centro Universitário de Saúde ABC. Sob coordenação dos próprios alunos da instituição, as atividades contaram com a participação de diversos especialistas em psiquiatria, adolescência e do Centro de Valorização da Vida (CVV), que forneceram orientações sobre saúde mental e esclareceram dúvidas da plateia de estudantes universitários.

Já a dra. Carolina Maria Soraes Cresciulo, do Departamento Científico de Adolescência da Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP), deu seguimento ao projeto AdolesSer, promovido mensalmente em parceria com profissionais de saúde da Prefeitura de Votorantim, na região de Sorocaba. As ações do grupo consistem em realizar rodas de conversas, em escolas públicas, com alunos do 9º ano do Ensino Fundamental ao 3° ano do Ensino Médio. O intuito é promover a aquisição de habilidades socioeconômicas e culturais entre os jovens, sob orientação de equipe multidisciplinar – médicos, psicólogos, terapeuta ocupacional. Entre os temas abordados nas dinâmicas de grupo, constam o reforço da autoestima, construção de relações saudáveis entre os pares, bullying e prevenção de suicídio.

Em Campinas (SP), no dia 21, a dra. Lilian de Souza Li, do Departamento de Pediatria da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (FCM/Unicamp), promoveu mais uma edição das atividades regulares do projeto “Vamos cuidar dos nossos adolescentes”, na escola Estadual Barão Geraldo de Rezende. Na ocasião, estudantes e especialista da Universidade conversaram com pais e professores do colégio para fornecer orientações sobre saúde mental dos adolescentes, métodos de conversa e abordagem, habilidades parentais e outras questões.

SERGIPE – No dia 19 de setembro, cerca de 30 pediatras participaram da aula sobre “Consulta do Adolescente”, ministrada pelo hebiatra da Sociedade Sergipana de Pediatria (Sosepe) e membro do Departamento Científico de Adolescência da SBP, dr. Halley Ferraro Oliveira, na sede da Universidade Tiradentes, em Aracajú (SE). Durante a atividade, o especialista salientou a importância do pediatra atuar como mediador, apaziguando conflitos e dirigindo-se ao paciente de forma empática e sincera, para esclarecer dúvidas e orientar. Além disso, também estiveram em pauta temas como direito ao sigilo e limites de privacidade em questões éticas.


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520