Encontro da OPAS para enfrentamento da obesidade infantil nas Américas contou com a participação da SBP

Dra. Maria Arlete Escrivão representou a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) no II Encontro Regional para o Enfrentamento da Obesidade Infantil, promovido pela Organização Pan-americana de Saúde (OPAS) em parceria com a Coordenação-Geral de Alimentação e Nutrição (CGAN) do Ministério da Saúde. O evento teve como objetivo avaliar a implementação do Plano de Ação para a Prevenção da Obesidade em Crianças e Adolescentes da OPAS e discutir mecanismos para avançar na agenda de enfrentamento da má nutrição. Além disso, também se abordou o cumprimento dos compromissos assumidos na Declaração de Roma e no projeto “Década de Ação para Nutrição”, da Organização das Nações Unidas (ONU).

Na ocasião, os representantes de cerca de 30 países das Américas do Norte, Central, Sul e do Caribe apresentaram os resultados das diferentes ações promovidas nacionalmente, nos últimos dez anos, no intuito de conter a progressão da epidemia de obesidade no continente. A reunião aconteceu nos dias 3 e 4 de junho de 2019, em Brasília (DF).

PRODUTOS - “Estamos vivenciando uma rápida transição no perfil da alimentação na América Latina. O aumento do consumo de produtos industrializados tem resultado numa elevação nas taxas de sobrepeso e obesidade na região. O encontro foi uma excelente oportunidade para compartilhar experiências e conhecer novas estratégias para combater justamente essa crescente prevalência, que já é considerada um dos principais problemas de saúde pública do mundo”, explicou a dra. Maria Arlete.

De acordo com a especialista, entre as abordagens mais recorrentes nas iniciativas apresentadas pelos países, destacaram-se o incentivo ao aleitamento materno; a melhoria alimentar nas escolas; o estimulo à prática de atividade física; a sustentabilidade e agricultura familiar; a implementação de legislação regulatória para rotulagem e marketing de produtos industrializados; além da regulação de alimentos ricos em açúcares, gorduras, sódio e calorias.

Segundo dra. Maria Arlete, outro importante tema enfatizado foi o monitoramento do estado nutricional de crianças e adolescentes. “Nesse sentido, o pediatra tem uma atuação importante, pois ele é o profissional que acompanha o paciente ao longo dos anos e pode identificar de forma precoce todas as formas de má nutrição, seja desnutrição, deficiência de micronutrientes ou obesidade”, enfatizou.

A programação do encontro incluiu ainda atividades destinadas à elaboração, execução e monitoramento de políticas públicas para o redesenho do ambiente alimentar em escolas e em outras instituições sob administração do poder público.


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520