Filiadas da SBP investem em capacitação e disseminação de informações para prevenir gravidez na adolescência


Para promover a Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência – instituída pela Lei 13.798/2019 e comemorada anualmente durante a primeira semana de fevereiro –, as filiadas da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) realizarão palestras, fóruns e outras atividades científicas por todo o País. A iniciativa conjunta tem como objetivo capacitar profissionais de saúde para elevar a qualidade da assistência aos pacientes e disseminar informações sobre medidas preventivas para reduzir a incidência da gravidez precoce no Brasil.

Conforme ressalta a presidente da SBP, dra. Luciana Rodrigues Silva, é importante o engajamento de cada pediatra nesse movimento, uma vez que é prerrogativa desses especialistas zelar pela saúde dos pacientes – inclusive sexual e reprodutiva – até os 19 anos de idade.

“A prevenção da gravidez precisa ser entendida em seu sentido amplo, com foco na assistência integral dos adolescentes e não apenas reduzida à uma questão da saúde sexual. Convidamos os pediatras a mobilizarem sua filiada, evocando e debatendo a problemática. É fundamental reforçar essa abordagem no dia a dia do consultório, estimular o diálogo familiar e conceber uma adolescência saudável”, salientou.

CONFIRA ABAIXO AS ATIVIDADES PROMOVIDAS PELAS FILIADAS:

MARANHÃO – A Sociedade de Puericultura e Pediatria do Maranhão (SPPMA) promoverá o II Fórum de Prevenção de Gravidez na Adolescência, no dia 5 de fevereiro, na sede do Conselho Regional de Medicina (CRM), em São Luís. A ação ocorrerá em parceria com o Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), Sociedade de Ginecologia e Obstetrícia do Maranhão (Sogima) e Defensoria Pública (DPE-MA).

Além disso, no dia 6 de fevereiro, acontecerá seminário sobre o tema no Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão (HUUFMA). Destinada a profissionais de saúde, a iniciativa é uma parceria da SPPMA com a Sogima e os Programas de Residência Médica em Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia e Residência Multiprofissional do HUUFMA.

No dia 3 de fevereiro, a SPPMA e as Ligas acadêmicas de Pediatria e Obstetrícia promoverão ainda ação educativa numa escola da capital maranhense. A atividade consiste em levar informações atualizadas para os estudantes a respeito de métodos contraceptivos, Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e importância da construção de um projeto de vida.

MATO GROSSO – No dia 27 de fevereiro, na sede do CRM do Mato Grosso, acontecerá em iniciativa conjunta com a Sociedade Matogrossense de Pediatria (Somape) uma reunião para discutir os altos índices de gestações precoces. Na oportunidade, estarão presentes representantes das Secretarias de Educação e Saúde do Estado, de Ligas Universitárias de Medicina, do Conselho Tutelar e de diferentes sociedades científicas.

Na sede do CRM, acontecem ainda outros dois eventos: no dia 21 de março, workshop com adolescentes para elaboração de propostas de prevenção com base nas sugestões dos alunos da rede municipal e estadual de educação; e, no dia 31 de março, palestra científicas para pediatras, acadêmicos, ginecologistas e outros profissionais da área de saúde com o conselheiro do Conselho Federal de Medicina (CFM), dr. Iran Gallo.

Além disso, estão previstos encontros com gestores da cidade de Várzea Grande para a elaboração de ações no mês de março voltadas para a prevenção da gravidez na adolescência.

PARÁ – No dia 14 de fevereiro, a Sociedade Paraense de Pediatria (Sopape) realizará um Fórum para debater o tema “Gravidez na adolescência, uma responsabilidade de todos: propostas e ações para o estado em 2020”. Realizado na sede do Conselho Regional de Medicina (CRM-PA), em Belém, o evento conta ainda com apoio do Unicef, Secretaria Estadual de Saúde do Pará (SES-PA), Secretaria Municipal de Saúde (SESMA), Ministério Público (MP), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Pará Paz.

RIO DE JANEIRO – No dia 7 de fevereiro, o auditório do Conselho Regional de Medicina do Estado Rio de Janeiro (Cremerj) receberá pela manhã o evento “Gravidez na Adolescência no Brasil – situação atual e como prevenir”. Na programação, palestras de pediatras e ouros especialistas sobre os temas: “Os números da gravidez na adolescência no Brasil”; “A gravidez como consequência de abuso sexual”; “Infecções sexualmente transmissíveis”; e mais.

A iniciativa é uma ação conjunta do Cremerj, da Sociedade de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro (Soperj), da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo) e da Sociedade Brasileira de Obstetrícia e Ginecologia da Infância e Adolescência (Sogia).

RIO GRANDE DO SUL – A dra. Lilian Day Hagel, presidente do Comitê de Adolescência da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS), apresentará palestra sobre “Os impactos físicos e psicológicos da gravidez na adolescência”, no dia 7 de fevereiro, no Palácio da Justiça, em Porto Alegre. A atividade faz parte da programação da I Semana de Prevenção da Gravidez na Adolescência, que conta com promoção da Corregedoria-Geral da Justiça do Estado.

A primeira edição do evento reunirá autoridades e especialistas no assunto. O encontro é aberto ao público e tratará das adversidades enfrentadas pelos adolescentes que se tornam pais de maneira precoce. As inscrições podem ser feitas até o dia 5 de fevereiro por meio do link.

RORAIMA – A Sociedade Roraimense de Pediatria (SRP) promoverá o lançamento de  vídeo sobre a Semana de Prevenção da Gravidez na Adolescência. Além disso, em busca de conscientizar o grande público a respeito de métodos de prevenção, a entidade enviou release e folheto instrutivo sobre o tema para veículos de imprensa tanto da capital quanto das cidades do interior. Nos próximos meses, também está prevista a realização de eventos sobre gravidez na adolescência – em parceria com a OAB –, em Boa Vista e Pacaraima, cidade na fronteira com a Venezuela com altos índices de gestação precoce.

SANTA CATARINA – O II Fórum Catarinense de Prevenção da Gravidez na Adolescência ocorrerá no dia 6 de março, no período da tarde, no auditório do Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina (CRM-SC), em Florianópolis. O evento abordará estratégias de prevenção da gravidez na adolescência, entre outros assuntos.

O Encontro será promovido em parceria pela Sociedade Catarinense de Pediatria (SCP), Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia de Santa Catarina (SOGISC), Sociedade de Ginecologia da Infância e Adolescência de Santa Catarina (SOGIA-SC) e Associação de Terapias Cognitivas de Santa Catarina (ATC-SC).

SERGIPE – No dia 31 de janeiro, a partir das 19h, a Sociedade Sergipana de Pediatria (Sosepe) realizará um fórum de debates na sede da Universidade Tiradentes (Unit), em Aracajú. Com participação do hebiatra e membro do Departamento Científico de Adolescência da SBP, dr. Halley Ferraro Oliveira, serão apresentados os assuntos “riscos da gravidez na adolescência” e “Anticoncepção na adolescência”.

TOCANTINS – No dia 5 de fevereiro, também a partir das 19h, a Sociedade de Pediatria do Tocantins (Stop) promoverá na sede da entidade, em Palmas (TO), a aula “Pediatria e a Gravidez na Adolescência”, com apresentação da especialista em Ginecologia e Obstetrícia, dra. Francielle Baptista de Oliveira. A ação tem o intuito de orientar os associados sobre o tema, com ênfase na adequada abordagem do paciente durante a consulta.


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520