Projeto Pediatria Itinerante alcança a marca de mil atendimentos no Rio Grande do Norte


O Projeto Pediatria Itinerante – criado em julho de 2018 – alcançou a marca de mil atendimentos realizados com a ação ocorrida em Campo Grande (RN) no último dia 31 de agosto. A iniciativa, apoiada pela Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Norte (Sopern), é coordenada pelo infectologista pediatra dr. Francisco Américo Micussi e visa levar o atendimento médico pediátrico aos municípios do Rio Grande do Norte que não possuem este serviço em sua rede de saúde.

Em pouco mais de um ano, foram realizadas oito edições, sendo a primeira na cidade de São Miguel do Gostoso, em 21 de julho de 2018, onde foram atendidas 144 crianças, seguida por Maxaranguape (74), Pedra Grande (80) e Apodi (128).  Em 2019, os atendimentos contemplaram os municípios de Passa e Fica (148), Marcelino Vieira (125) e Vera Cruz (179), quando foi comemorado o Dia do Pediatra.

“Foi de extrema satisfação e felicidade para todos que contribuem para o crescimento deste Projeto, ver algo que começou despretensiosamente, conquistar grandes realizações. Para as crianças, foi para cada uma das mil a chance de serem cuidadas, de receberem o carinho e atenção daqueles que estiveram ali por elas. Foram mil histórias partilhadas”, comemora Maira Alcântara, acadêmica de Medicina da Universidade Potiguar e participante do projeto.

O projeto conta com a participação de médicos voluntários e acadêmicos de medicina de diferentes períodos, além de estudantes e profissionais de outras áreas da saúde – como enfermagem, odontologia e psicologia – para oferecer uma assistência integral à saúde da criança.

O Pediatria Itinerante visa também sensibilizar, motivar e capacitar o aluno no atendimento à criança e ao adolescente, bem como elencar a importância da Pediatria para o crescimento acadêmico e profissional do estudante.

“No projeto, os alunos fazem acompanhamento de crianças vivendo com HIV/Aids, o pré-natal de mulheres vivendo com a doença e aqueles de baixo risco, por exemplo. Há também algumas atividades nas áreas de neonatologia, urgência e emergência, seja da atenção primária à terciária. Assim, o aluno tem contato com as diversas possibilidades dentro da pediatria e se motiva a fazer uma residência na área”, conclui o coordenador dr. Francisco.


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520