SBP apoia iniciativa Consultório Amigo da Amamentação

Como parte das ações do Agosto Dourado, o Departamento Científico de Aleitamento Materno da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), publicou nesta sexta-feira (17) o terceiro documento científico com o tema “Consultório Amigo da Amamentação”. O documento reúne uma série de propostas que orientam os pediatras brasileiros que quiserem atuar de forma comprometida com a promoção, proteção e apoio ao aleitamento.

“É importante ressaltar que os princípios do Consultório Amigo da Amamentação se aplicam não somente aos consultórios de pediatras, mas aos de outras especialidades, tais como ginecologia e obstetrícia, odontopediatria, fonoaudiologia, nutrição e de outras categorias que assistem mães, lactentes e suas famílias”, diz o documento.

ACESSE AQUI A ÍNTEGRA DO DOCUMENTO.

Baseado em iniciativas como o Hospital Amigo da Criança e no artigo científico “O papel do pediatra no aleitamento 11”, publicado recentemente pela Academia Americana de Pediatria (AAP), a Iniciativa Consultório Amigo da Amamentação tem como estratégia dar visibilidade ao trabalho de promoção, proteção e apoio ao aleitamento dos pediatras em seus consultórios.

Como as mães e bebês frequentam com regularidade consultórios de pediatras, privados ou conveniados, desde a gestação até o final da adolescência, o ambiente propicia oportunidades ímpares de acolhimento e informação sobre amamentação. A SBP recomenda, no entanto, que o profissional esteja preparado para orientar, prevenir, diagnosticar e solucionar problemas relacionados ao aleitamento, acolhendo e ouvindo as mães em suas dificuldades e apoiando-as em suas decisões.

O documento da SBP traz um gráfico comparativo com os passos para o sucesso do Aleitamento Materno entre as diferentes iniciativas: Iniciativa Hospital Amigo da Criança (IHA), Baby-Friendly Hospital Initiative (BFHI), Iniciativa Unidade Básica Amiga da Amamentação (IUBAM) e Iniciativa Consultório Amigo da Amamentação (ICAM).

CRITÉRIOS – Para que um consultório seja considerado “Amigo da Amamentação”, será necessário o cumprimento dos seguintes critérios:

1. Ter uma política (norma) de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno que seja do conhecimento de todos que trabalham no consultório;

2. Contar com profissionais capacitados e periodicamente atualizados em manejo clínico da amamentação e nas habilidades de aconselhamento;

3. Realizar ou incentivar consulta com pediatra no início do último trimestre da gestação, acompanhada de familiares próximos, dando ênfase ao aleitamento materno;

4. Realizar ou incentivar consulta com pediatra no início do último trimestre da gestação, acompanhada de familiares próximos, dando ênfase ao aleitamento materno;

5. Observar uma mamada completa na primeira consulta e sempre que necessário, ratificar as recomendações sobre aleitamento materno exclusivo até o 6º mês e complementado até 2 anos ou mais, com introdução de alimentos saudáveis em tempo oportuno e desmame natural;

6. Informar as mães e seus familiares próximos sobre a extração e doação de leite materno desde as primeiras consultas e como manter a amamentação após o retorno ao trabalho;

7. Indicar, quando necessário, profissionais capacitados em aleitamento materno (enfermagem, nutrição, fonoaudiologia, odontopediatria, psicologia, entre outros), bem como grupos de apoio éticos;

8. Estimular a amamentação na sala de espera e na sala de consulta, mas fornecer espaço privado caso seja solicitado;

9. Não receber fórmulas infantis, mamadeiras, chupetas e intermediários de silicone de representantes de indústrias e não promover a distribuição de fórmulas, brindes ou materiais informativos das empresas;

10. Conhecer e divulgar ações relacionadas à promoção, proteção e apoio ao aleitamento, como a Semana Mundial de Aleitamento Materno/Agosto Dourado, direitos da mulher que amamenta, leis que protegem a amamentação em público, e oferecer fontes de consulta oficiais, reconhecidas e éticas.

A Iniciativa Consultório Amigo da Amamentação já é uma realidade. Outras informações sobre a Iniciativa podem ser obtidas na página do Facebook (https://www.facebook.com/consultorioamigodaamamentacao). A SBP apoia essa Iniciativa e, no momento, junto ao seu DC de Aleitamento Materno, está avaliando maneira de aderir a ela, como mais uma ação pró-aleitamento materno.

A Sociedade vem investindo maciçamente na promoção da amamentação, não só entre os seus associados, mas também entre todos os pediatras, profissionais de saúde e as famílias, por meio de cursos, documentos científicos, textos diversos direcionados a este público, inclusão do tema nos seus eventos científicos, cursos à distância e participação em diversos veículos de comunicação. A SBP sabe que todos os pediatras são "Amigos da Amamentação" e têm lutado para ampliar os espaços que apoiam as mães que amamentam.

Participaram da elaboração do documento as dras. Elsa Regina Justo Giugliani; Graciete Oliveira Vieira; Carmen Lúcia Leal Ferreira Elias; Claudete Teixeira Krause Closs; Roberto Mário da Silveira Issler; Rosa Maria Negri Rodrigues Alves; Rossiclei de Souza Pinheiro; Vilneide Maria Santos Braga Diégues Serva; Yechiel Moises Chencinski com a colaboração do dr. Marcus Renato de Carvalho.


Eventos
Nossos Endereços

SBP-Sede • R. Santa Clara, 292 - Rio de Janeiro (RJ) - CEP: 22041-012 • 21 2548-1999 

FSBP • Alameda Jaú, 1742 – sala 51 - São Paulo (SP) - CEP: 01420-002 • 11 3068-8595 

SBP-RS • Av. Carlos Gomes, 328/305 - Porto Alegre (RS) - CEP: 90480-000 • 51 3328-9270 / 9520