carregando...

Vacinação contra varicela: prioridade em algumas crianças com reumatismo

Arquivo 14/11/2014

A varicela também conhecida como catapora geralmente é uma doença benigna na infância.

varicela1Em recém-nascidos, gestantes, adolescentes e adultos, pode ter uma evolução grave. Entretanto o maior risco da varicela é quando ela acomete pacientes imunocomprometidos.

As vacinas contra varicela são feitas com vírus vivos atenuados. Portanto, pacientes que usam drogas imunossupressoras ou altas doses de corticosteróides não devem ser vacinados pois os mecanismos de defesa diminuídos expõem o paciente a sérias complicações.

varicela2A indicação da imunização em crianças e adolescentes com doença reumatológica deve ser criteriosamente avaliada quanto aos riscos de exacerbação da doença e ao uso de medicações imunossupressoras.

varicela3Comumente os benefícios da vacinação superam os riscos de exacerbação da doença.

Em indivíduos usando ácido acetilsalicílico pode estar associada à síndrome de Reye.

varicela4Lembrar que os salicilatos não devem ser usado nas primeiras seis semanas após a vacinação e que o uso tópico de corticotrapia em pele, aerosol, e intraarticular não contra indica a imunização.

varicela5A conduta ideal em crianças e adolescentes com doenças reumatológicas é identificar os casos de risco para varicela através da sorologia para Ac contra varicela Zoster, se negativa e o paciente for exposto a doença, nas primeiras 72 horas, IGHAVZ. Após 72 horas da exposição, aciclovir

Zelina Barbosa de Mesquita
Membro do Departamento Científico de Reumatologia Pediátrica / 2005