carregando...

Aperfeiçoamento do Programa de Reanimação Pediátrica da SBP será tema de reunião em Salvador

SBP em Ação 04/11/2016
Pals-BA
Treinamento de leigos realizado pela Sociedade Mineira de Pediatria (SMP), em Belo Horizonte (MG), em julho passado / Foto: Assessoria de imprensa SMP

 

Os coordenadores dos polos de treinamento do Programa de Reanimação Pediátrica (PALS) da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) participarão de reunião no sábado (5), em Salvador (BA). Na pauta do encontro, está a apresentação dos coordenadores dos polos à atual diretoria da SBP e a apresentação de um panorama da situação do PALS, como informações sobre a quantidade de cursos realizados nos últimos seis anos, número de instrutores e de alunos treinados.

O grupo também tratará de questões relacionadas ao aperfeiçoamento deste processo de formação. Questões administrativas, de marketing, sobre capacitação de novos instrutores, técnicas de simulação e a discussão científica sobre o tema, entre outros pontos, serão abordados na reunião que deve transcorrer nos períodos da manhã e da tarde desse sábado. A presidente da SBP, dra Luciana Rodrigues Silva, já confirmou presença na atividade.

ATUALIZAÇÃO – A cada cinco anos, a SBP realiza a atualização dos procedimentos a partir das recomendações da American Heart Association (AHA), que são publicadas pela Circulation & Ressuscitation. Cabe aos coordenadores passar as novas diretrizes aos instrutores em cada um dos polos nos estados. Atualmente, há 19 polos em funcionamento, com aproximadamente 200 instrutores habilitados.

Desde 2008, a SBP é credenciada pela American Heart para realizar o PALS, com validade internacional. O aluno aprovado recebe uma carteira que o habilita a fazer a reanimação cardiopulmonar. Esse documento, com selo de qualidade da AHA, é reconhecido em 80 países. O polo mais recente foi criado em Goiás, no ano passado, e recebeu o material comprado pela SBP para a realização dos treinamentos na região.

TREINAMENTO - As filiadas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Maranhão, Pará, Goiás e o Distrito Federal já oferecem a capacitação. As localidades que não possuem polo de treinamento devem procurar a regional mais próxima para realização do curso. Clique aqui e confira o calendário do curso.

Desde a criação do PALS, em 1998, mais de 10 mil pediatras foram capacitados. No ano passado, foram realizados 74 cursos, com 1.194 alunos treinados. Em crescimento a cada ano, o Programa de Reanimação Pediátrica da SBP é considerado pela AHA como o maior centro de treinamento do PALS no Brasil, o que dá à entidade um porte de reconhecimento internacional.