carregando...

Novas diretrizes e planos da Reanimação Neonatal da SBP para 2016

Reportagem 21/12/2015

reanimacao-diretrizes1

As novas diretrizes em Reanimação Neonatal serão divulgadas pelo Programa da SBP em janeiro de 2016, publicadas em dois documentos – um voltado para a assistência ao recém-nascido de gestação superior a 34 semanas e o outro para os prematuros (gestação menor que 34 semanas). O material didático será entregue aos instrutores em 13 de abril de 2016, durante o 6º Simpósio de Reanimação Neonatal, que ocorrerá em Belo Horizonte. A informação é das coordenadoras do PRN da SBP, Maria Fernanda B. de Almeida e Ruth Guinsburg, que em novembro se reuniram com o grupo executivo do Programa e com os coordenadores estaduais, em São Paulo. Participaram também o diretor de Cursos e Eventos da Sociedade, Ercio Amaro de Oliveira Filho, e o presidente, Eduardo da Silva Vaz.

draRuthGuinsburg1
Dra. Ruth

No encontro, foi avaliado o trabalho já feito, traçado o plano para 2016, discutidas as novas recomendações internacionais. Segundo as coordenadoras, a orientação do International Liaison Committee on Resuscitation (ILCOR) é que o publicado no CirculationResuscitation e Pediatrics em outubro sirva de guia para a construção das diretrizes adaptadas para a realidade de cada país.  Os novos cursos serão apresentados aos instrutores em Belo Horizonte, dia 13 de abril, véspera do Simpósio: “Nos slides estarão as aulas teóricas e práticas, pré-testes, pós-testes e o manual do instrutor”, adiantaram as coordenadoras.

reanimacao-diretrizes3
Dra. Maria Fernanda

A cada cinco anos, a SBP realiza a atualização dos procedimentos a partir das recomendações, baseadas em evidências científicas, do International Liaison Committee on Resuscitation (ILCOR). “Temos realidades muito diversas no País. Em conjunto com os coordenadores dos 26 estados, do Distrito Federal e com o grupo executivo, discutimos tecnicamente cada tópico que norteará a atuação nas salas de parto brasileiras”, disse a dra. Maria Fernanda. 

O PRN presta um serviço “inestimável” para a saúde infantil, salienta o dr. Ercio Amaro. Neonatologista, o diretor de Cursos e Eventos lembra que a entidade oferece treinamento para reanimação em sala de parto do recém-nascido a termo, do prematuro, transporte do recém-nascido de alto risco e também o curso para parteiras tradicionais. “É uma fonte de atualização muito importante para o pediatra”, frisa. O PRN-SBP capacitou mais de 32 mil pessoas entre 2011 e 2015 e tem atualmente 924 instrutores.